SENAD premia Centro Social Marista Propulsão

Unidade atende gratuitamente adolescentes entre 14 e 18 anos que estiveram ou estão em tratamento pelo uso abusivo de drogas

O Centro Social Marista Propulsão foi indicado para o Prêmio de Valorização à Vida, iniciativa da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD), do Ministério da Justiça, e concedido por indicação do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas do Paraná. O “Diploma de Mérito pela Valorização da Vida” foi entregue no dia 16 de fevereiro, às 9h, na Secretaria Estadual de Segurança Pública.

A premiação é realizada anualmente em todos os estados. Após uma análise dos trabalhos, são indicadas pessoas físicas e jurídicas que desenvolvam ações de relevância na política sobre drogas. De acordo com Altieres Edemar Frei, coordenador do Centro Social Marista Propulsão, receber o Diploma de Valorização pela Vida é o reconhecimento do trabalho desenvolvido com Redução de Danos junto aos adolescentes atendidos pelo Propulsão, e o coloca ao lado de instituições de muita relevância, como o Projeto Quixote e a Ong Lua Nova, também agraciadas pelo prêmio.

“Nosso foco é o fortalecimento do sujeito e dos seus vínculos sociais, além da apropriação, por parte do adolescente, de dispositivos e equipamentos do território de Curitiba enquanto sujeito de direito. Esse prêmio representa nosso esforço no sentido de promovermos articulações institucionais amplas de redes para cuidado em liberdade, garantindo acesso à (re)inserção social de adolescentes com histórico de uso abusivo de álcool e outras drogas, com respeito às Políticas Públicas para a área e a garantia dos Direitos Humanos”, enfatiza.

O Propulsão é uma unidade da Rede Marista de Solidariedade, e desenvolve Projeto de Média Complexidade dentro das diretrizes das políticas de Assistência Social e Saúde, promovendo atendimentos gratuitos a adolescentes, de ambos os sexos, entre 14 e 18 anos incompletos, que estiveram ou estão em tratamento por conta do uso abusivo de álcool e/ou outras drogas, e encontram-se em situação de vulnerabilidade social.

“O próprio conceito de Propulsão remete ao objetivo de trabalhar para que esses sujeitos de direito encontrem, mantenham e inventem novas trilhas, novos territórios e novas histórias na comunidade, na cidade e na vida”, declara Altieres.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.