Camerata Antiqua de Curitiba tem novidades na sua temporada 2016

A programação de concertos da Camerata Antiqua de Curitiba este ano tem muitas novidades. Além de um repertório especial, regentes e solistas convidados, e novos locais de apresentações, a Camerata ganhou um reforço na divulgação, com a criação de um site exclusivo, a venda antecipada dos ingressos e a distribuição nas redes sociais de vídeos contendo informações sobre as obras musicais de cada concerto.

A temporada 2016, promovida pela Fundação Cultural de Curitiba e pelo Instituto Curitiba de Arte e Cultura – ICAC, com patrocínio da Volvo, tem início com a execução do “Réquiem de Mozart”, nos dias 18 e 19 de março, na Capela Santa Maria, sob a regência do maestro belga Peter van Heyghen. Ao longo do ano serão mais de 60 apresentações da Camerata, Orquestra de Câmara de Curitiba e Coro da Camerata na Capela, em igrejas, escolas e hospitais. Também estão agendados concertos em outras cidades.

Alguns destaques da programação são o concerto de música cigana “Rapsódia Tizigane”, que acontece em abril, com solo do violinista suíço Geza Hosszu Legocky; o concerto cênico “La Barca di Veneza per Padova”, em junho, com direção de Mara Campos e Roberto Innocente; e o concerto com madrigais ingleses e música dos Beatles em homenagem aos 400 anos de William Shakespeare – “Let’ it be or not to be”, em setembro.

“Este ano a Camerata apresenta uma programação mais colorida, com repertórios mais abrangentes, tentando aproximar o popular e o erudito, mas sem abandonar a sua essência”, diz a coordenadora de Música da Fundação Cultural de Curitiba, Janete Andrade. O repertório barroco e de música contemporânea, que é a base do trabalho da Camerata, se mantém na programação ao lado dos concertos especiais, produzidos para conquistar novos públicos.


Divulgação
– Com o propósito de chamar atenção para o repertório, as palestras que normalmente antecedem as apresentações, dando informações sobre as obras, seus autores e o contexto histórico das composições, agora serão gravadas e divulgadas antecipadamente nas redes sociais. As gravações, com especialistas como Osvaldo Colarusso, Marco Aurélio Koentopp, Flávio Stein e André Egg, entre outros também serão exibidas antes dos concertos. “A nova dinâmica permite que o público tenha uma fruição mais completa da obra musical”, afirma o presidente do ICAC, Marino Júnior.

Os ingressos para os concertos de toda a temporada serão vendidos antecipadamente pelo site “Ingresso Rápido”. Será possível adquirir as entradas para qualquer uma das apresentações previstas até o final do ano. A Camerata também terá um site exclusivo (hospedado na página do ICAC), que será lançado no dia do primeiro concerto da temporada. O acesso é feito pelo endereço www.camerata.icac.org.br. “A ideia é que o público conheça toda a programação e os concertos agendados e, dessa forma, possa se programar e adquirir os ingressos com antecedência”, explica Marino.

Também no primeiro concerto será lançado o livro “Curitiba & Música – Nos Acordes da Fundação Cultural de Curitiba”, das historiadoras Aparecida Vaz da Silva Bahls e Lilia Maria da Silva. A obra apresenta um panorama histórico sobre a música em Curitiba, abordando festivais de música, cursos e ações culturais que culminaram no surgimento do Teatro do Paiol e a criação da Fundação Cultural de Curitiba, em 1973. A pesquisa referencia diversos grupos musicais que fizeram ou ainda fazem parte da FCC, desde sua origem até 2012, quando o trabalho foi concluído.

Programas – Em 2016, o trabalho social da Camerata Antiqua de Curitiba se intensifica. O programa “Música pela Vida” prevê apresentações em hospitais, escolas e entidades assistenciais. O programa “Música nas Igrejas” foi ampliado e novas paróquias passam a integrar o roteiro de concertos da Camerata nos bairros de Curitiba. Será realizado um concerto por mês nas igrejas num total de 10 apresentações até o final do ano.

Em julho, a Camerata Antiqua de Curitiba segue para uma turnê pelo interior do Paraná. Estão agendadas apresentações em Cascavel, Maringá, Londrina e Apucarana. O grupo também vai se apresentar no Festival de Inverno de Campos do Jordão (SP). “Nos contatos que fizemos com gestores dessas cidades, todos conheciam o grupo e ficaram entusiasmados com a proposta. Isso mostra a força que a Camerata tem fora dos limites de Curitiba”, destaca o presidente do ICAC.

Outro novo projeto é a realização da 1ª Semana de Canto Coral de Curitiba, que será organizado pelo Coro da Camerata em junho, com a participação de vários conjuntos e grupos corais. Estarão na coordenação do evento as regentes Mara Campos (SP), Lúcia Passos (RS) e Dulce Primo Leandro (PR). O encontro será realizado entre os dias 21 e 25, na Capela Santa Maria, com oficinas para regentes corais e educadores musicais, mesas-redondas, apresentações de coros e a realização de um concerto com uma obra do compositor curitibano Henrique de Curitiba. (Comunicação Social da FCC)

8b22e1e7-c34f-46ff-b77c-71bd0d316e48 398a7445-d280-45a2-b6cf-9c61fadc4ac1 53223b07-8745-41a5-9098-01ce2e06adb0

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.