Cinco dicas para tirar a fralda do bebê

Mix Infantil RGBMili dá dicas para um desfralde sem trauma para o bebê

O bebê passa por diversas fases de desenvolvimento. O desfralde é um dos grandes marcos, já que é quando a criança começa a entender as necessidades de seu próprio corpo. Porém, é necessário cuidado e delicadeza para que a situação não se torne traumática para os filhos. Por isso, a Mili, uma das maiores fabricantes brasileiras no segmento de higiene e limpeza, dá cinco dicas para facilitar esse momento:

Idade ideal

Diversos especialistas recomendam que o desfralde comece a ser feito após os dois anos de idade. Isso porque é a partir do segundo ano que o bebê sai da fase oral e entra na fase anal, quando percebe que seu corpo produz xixi e cocô. Além disso, a criança pode não estar preparada, aumentando a chance de criar um trauma, atrasando seu desenvolvimento. Lembre-se que deixar a fralda é um novo mundo para seu bebê.

Maneiras divertidas

Para que o bebê se acostume com o desfralde, os pais podem optar por algumas táticas criativas. Tingir a água do sanitário com corantes pode ser divertido para eles, que vão começar a ter mais proximidade com o banheiro. Personalizar o penico com os desenhos preferidos da criança também é uma boa pedida. Vale a criatividade!

Incentive

Pode parecer normal para os adultos, mas para a criança tirar a fralda é uma grande conquista. Por isso, comemore! É importante incentivar e celebrar cada vez que o bebê pedir para ir ao banheiro ou utilizar o penico.

Pergunte sempre

A criança nem sempre sabe pedir para ir ao banheiro ou se distrai facilmente. Por isso, o ideal é sempre perguntar se seu filho quer utilizar o vaso sanitário. Assim, ele se acostuma e logo começa a ir sozinho.

Paciência

Essa é a dica mais valiosa. A criança tem seu próprio ritmo e apressar esse momento pode causar o efeito contrário: atrasar ainda mais. Por isso, não adianta perder a paciência ou ficar irritado. Lembre-se que quem decide a hora do desfralde é seu filho e não você.

Sobre a Mili – Fundada em 1983, a Mili é uma das maiores fabricantes brasileiras no segmento de higiene e limpeza. O papel higiênico Mili é apontado como o mais vendido do país entre os papéis de folha simples, segundo pesquisa Nielsen publicada pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Seus produtos – papel higiênico, toalha de papel, guardanapos, fraldas descartáveis e absorventes higiênicos – estão entre os líderes nacionais de mercado. Atualmente a empresa conta com mais de 2.000 colaboradores, distribuídos por três unidades fabris e duas centrais de distribuição.  A Mili possui fábricas localizadas em Santa Catarina, Paraná e Alagoas e centrais de distribuição se encontram em Curitiba (PR) e Maceió (AL). Saiba mais em: www.mili.com.br e www.facebook.com/MiliOficial.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.