Como será o posto de combustível do futuro?

Genebra, Suíça – A Nissan está apresentando no Salão do Automóvel de Genebra, Suíça, deste ano, um conceito interessante para o futuro totalmente conectado da mobilidade. A ideia foi desenvolvida em parceria com o estúdio internacional de arquitetura, engenharia e design Foster+Partners, liderado pelo fundador e presidente Norman Foster, em conjunto com um Conselho de Parceria. A Nissan e o estúdio concluíram que a estação de combustível do futuro pode ser o próprio carro.

Todo o conceito desenvolvido é demonstrado em um vídeo de dois minutos (para ver, acesse o linkhttps://youtu.be/zLs7YOjC2mE), que explora como nosso modo de vida pode mudar à medida que as tecnologias se desenvolvem – o Nissan LEAF e o carro-conceito futurista Nissan IDS Concept são os modelos utilizados no filme.

A colaboração entre as empresas, que concluiu uma parceria de 12 meses, oferece uma pequena amostra do que está por vir a partir da visão da Nissan para a mobilidade inteligente: um mundo no qual os carros interagem com seu ambiente ao mesmo tempo em que as pessoas passam a adotar as tecnologias da emissão zero e da direção autônoma.

Para Paul Willcox, presidente da Nissan Europa, a tecnologia traz muitas das respostas para os desafios que enfrentamos em nossas cidades hoje. “No entanto, o verdadeiro poder vem quando essas tecnologias são integradas umas às outras e com o mundo que nos rodeia”, afirmou. “A Nissan está na vanguarda da tecnologia de emissão zero desde 2010, mas a nossa visão não para por aí. Acreditamos que o futuro do transporte depende de infraestrutura e do meio ambiente. Estamos procurando soluções reais e viáveis ​​que vão além do produto”.

Incorporando uma gama de tecnologias pioneiras da Nissan, a visão do futuro da mobilidade sugere como uma rede de veículos, o armazenamento de energia das baterias dos veículos, o recarregamento sem fio das baterias, a tecnologia do carro autônomo e conectividade “over-the-air” (distribuição de softwares sem fios) poderiam se combinar para revolucionar a forma como a energia elétrica é utilizada e distribuída nas principais cidades da Europa.

David Nelson, co-diretor de design da Foster+Partners, acrescenta: “A integração de tecnologias de emissões zero com o ambiente é vital na criação de cidades mais inteligentes e sustentáveis. Esse compromisso deve estender-se muito além do carro: ele deve estar no coração de tudo o que fazemos”. A necessidade de uma rede de abastecimento sustentável e inovadora está se tornando vital um mercado que está procurando e mudando para fontes alternativas como a energia elétrica.

Atualmente mais da metade (54%) da população mundial vive em cidades e, em 2050, sete em cada dez pessoas viverão em áreas urbanas. Por isso, é imperativo que a infraestrutura existente suporte esse crescimento.

A Nissan está testando atualmente um sistema inovador de rede de veículos na Europa, que, quando combinada com os avanços em suas baterias de segunda geração, permitirá que os carros operem como “centros de energia” individuais capazes de armazenar, usar ou devolver energia limpa para a rede. A previsão é que até 2050 quase todas as necessidades globais de energia possam ser atendidas com fontes de energia renováveis.

A Nissan é a líder em tecnologia de emissão zero e foi pioneira no mercado comercial de veículos elétricos em 2010, quando lançou o Nissan LEAF, primeiro veículo puramente elétrico do mercado de massa vendido globalmente e que continua a ser o mais vendido do segmento na história. (nissannews.com)

Future_Mobility_Concept_6 Future_Mobility_Concept_1 Future_Mobility_Concept_4 Future_Mobility_Concept_5 Future_Mobility_Concept_2 Future_Mobility_Concept_3

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.