Enxerto de gordura é tendência para cirurgia plástica em 2016

Engana-se quem pensa que a gordura não pode ser reaproveitada. Embora a mamoplastia e a lipoaspiração ainda sejam as cirurgias plásticas mais procuradas, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a tendência para 2016 são os preenchimentos na face e no corpo. Um dos procedimentos corporais mais escolhidos com enxerto de gordura é a gluteoplastia, que, de acordo com a American Society for Aesthetic Plastic Surgery (ASPS), em 2014 houve um aumento de 86% comparado ao ano anterior.

O cirurgião plástico Rodrigo Antoniassi, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, explica: “além da toxina botulínica e do ácido hialurônico, a gordura é uma das opções de preenchimento. Por ser do próprio paciente, o enxerto de gordura geralmente não tem rejeição do organismo; conseguimos coletar grande quantidade de material para aplicarmos nos locais indicados e o preço é bem mais acessível do que as outras opções.” Um dos benefícios do enxerto facial é o fato da resposta ser satisfatória e imediata: o paciente já pode ver o resultado quando sai do consultório.

Com o passar dos anos, as pessoas perdem volume no corpo e podem fazer preenchimentos para ter uma aparência rejuvenescida e contornos mais acentuados. Além disso, a exposição de celebridades como Kim Kardashian contribui para que mais pessoas procurem esse tipo de procedimento. “Atualmente, percebemos que os pacientes estão preferindo a volumização do corpo, o contrário do que era feito antes – a retirada de tecido. Com a moda da ‘selfie’, as pessoas querem melhorar o visual, além da questão da competitividade no mercado de trabalho.” afirma Antoniassi. <atendimento@eticarp.com>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.