Novo estudo com eletroestimulação para o controle da dor recruta 1.000 mulheres

Durante todo o mês de fevereiro de 2016, o Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) daUNICAMP recrutou voluntárias para participar de uma pesquisa clínica sobre os benefícios da eletroestimulação no controle da dor decorrente da dismenorreia (cólicas menstruais).

O estudo, que já selecionou 50 mulheres e está em andamento, obteve uma procura muito grande, com mais de 500 mulheres inscritas para fazer parte dos estudos dessa nova terapia para o alívio da dor.

A Medecell do Brasil, dona da marca Tanyx®, nome do dispositivo médico autoaplicável utilizado nos estudos clínicos, fará mais um estudo. No novo estudo, além das 500 interessadas inicialmente, serão abertas vagas para mais 500 novas mulheres que sofrem mensalmente de dismenorreia ou outras dores pélvicas.

Coordenado pelo pesquisador Maurício Marques, o estudo avaliará os resultados do tratamento por meio de pulsos elétricos (tecnologia TENS) no alívio do desconforto causado pelas cólicas menstruais e dores da região pélvica, bem como a eficácia e a usabilidade de Tanyx®.

“Estamos disponibilizando 500 novas vagas para mulheres que sofrem regularmente com cólicas menstruais. Desta forma, nós daremos a oportunidade para que mil mulheres avaliem o controle da dor com esta nova metodologia e que não possui efeitos colaterais”, reforça Marques.

Segundo pesquisa realizada pelo Instituto ibope em 2014, quando questionadas sobre as suas principais dores, 76% das mulheres reclamam das cólicas menstruais, com diferentes graus de intensidade. Entre estas mulheres, 59% relataram que o mal-estar vem acompanhado de dor de cabeça, e em 46% dos casos estão presentes também as dores nas costas, compondo o quadro da TPM, ou tensão pré-menstrual.

Para participar desta pesquisa as voluntárias terão que ser maiores de 18 anos, estar em idade reprodutiva e não podem estar grávidas.

É imprescindível que as voluntárias façam acompanhamento médico regular. O uso do eletroestimulador não substitui exames e a prescrição médica.

Para se inscrever neste estudo, entre em contato pelo telefone: 0800-7707080

(andrea.guardabassi@girafa3.com.br)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.