Obesidade pode ser a causa de problemas nas articulações

Pessoas obesas acima de 65 anos devem ficar atentas aos sintomas da osteoartrite, doença que afeta as articulações e causa danos à cartilagem que protege os ossos.

De acordo com o cirurgião e especialista no tratamento da obesidade, Caetano Marchesini, o excesso de peso pode ampliar a gravidade e os sintomas da osteoartrite. “A obesidade gera um estresse mecânico nas articulações de carga, devido ao peso excessivo, mas esse não é o único motivo da relação de agravamento entre ela e a osteoartrite”, explica Marchesini.

Os idosos são os mais atingidos pela osteoartrite. A doença raramente afeta pessoas abaixo dos 40 anos. Mulheres – especialmente com menopausa, pessoas com histórico familiar da doença e obesos também são bastante afetados.

A função da cartilagem articular é absorver e redistribuir as forças aplicadas à articulação através das atividades do dia-a-dia, fornecendo uma superfície sem atrito durante o movimento articular.

A degeneração da cartilagem articular, de causa principalmente mecânica, é hoje uma das maiores preocupações na área da ortopedia e reumatologia, uma vez que possui relação direta com a osteoartrose. Exercícios físicos podem ser benéficos na redução da dor e melhora da função do joelho e quadril com oesteoartrose. No entanto, o sobrepeso pode ocasionar em inflamação, dor e edema articular.

Caetano Marchesini conta que o aumento da gordura corporal causa predisposição para ações inflamatórias e alterações metabólicas que, em conjunto com outros fatores, desencadeiam a síndrome metabólica, responsável por diversas doenças, como infarto, AVC e, também, a osteoartrite. “O excesso de peso resulta na produção de substâncias pró-inflamatórias, como leptina e outras adipocinas, que pioram os quadros inflamatórios”, explica o cirurgião.

SINTOMAS – A fisioterapeuta e acumpunturista, Raphaela Stephanie Pontes Macchi, diz que normalmente são diagnosticados em pacientes obesos dores nas articulações, nos joelhos e quadril, problemas posturais relacionados ao sobrepeso, aumento da curvatura lombar, hiperlordose, formigamento nas pernas, dores no ciático, dor de cabeça e dores nos ombros.

“No entanto, a osteoartrite apresenta sintomas como dores, rigidez e redução da mobilidade nas articulações afetadas. A coluna, quadris, joelhos e pés de uma pessoa com obesidade terão um sofrimento maior, pois são as regiões que sustentam o corpo”, relata Raphaela.

TRATAMENTO – A perda de peso ocasionada pela cirurgia bariátrica ou emagrecimento através de dieta e exercícios físicos, é o tratamento mais indicado para curar pacientes com osteoartrite.

“É possível constatar a redução das dores logo nos primeiros meses após a realização da cirurgia bariátrica Os resultados do procedimento cirúrgico aliado à prática de atividade física para pessoas que tinham problemas nas articulações impressionam”, relata Marchesini.

A fisioterapeuta Raphaela Macchi lembra que os pacientes com osteoartite, em processo de emagrecimento, deverão ter uma rotina de exercícios que proteja as articulações afetadas o máximo possível.

“É necessária uma avaliação – realizada de forma associada entre o profissional de fisioterapia e o educador físico –  antes e depois da cirurgia e no primeiro mês após o procedimento. O objetivo é garantir cuidados especiais com a saúde e a recuperação total do paciente”, finaliza Raphaela.

O acompanhamento de um profissional de nutrição também será fundamental para a recuperação do paciente com osteoartite. (Ceres Battistelli)

6aed0b1b-dac8-46f9-8578-6662f65be58e

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.