Vendas da Páscoa caem 9,6% e atingem o pior desempenho desde criação do indicador da Serasa Experian em 2007

O Indicador Serasa Experian de Atividade do ComércioPáscoa 2016 teve o pior desempenho desde o início da série, em 2007. Durante a semana da data, de 21 a 27 de março, as vendas caíram 9,6% em relação ao mesmo período do ano anterior (30 de março a 05 de abril). No final de semana da Páscoa (25 a 27 de março), houve queda de 9,9% em todo o país na comparação com o final de semana equivalente ao do ano anterior (03 a 05 de abril).

Na cidade de São Paulo, as vendas realizadas na semana da Páscoa caíram 11,6% ante a mesma semana do ano passado. No final de semana da data, as vendas tiveram queda de 8,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, o aprofundamento da recessão econômica, que coloca o desemprego em trajetória de elevação, e a queda do poder de compra dos consumidores devido à inflação, impactaram negativamente o movimento varejista durante a data comemorativa da páscoa deste ano.

Evolução histórica das vendas na semana da Páscoa no Brasil

2016 2015 2014 2013 2012 2011 2010 2009 2008 2007
-9,6% 0,0% 1,6% 6,6% 5,6% 9,1% 7,0% 1,3% 10,5% 6,4%

Metodologia

O Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio tem como base uma amostra das consultas realizadas no banco de dados da Serasa Experian. Foram consideradas as consultas realizadas no período de 21 a 27 de março de 2016 e comparadas às consultas realizadas de 30 de março a 05 de abril de 2015; e as do período de 25 a 27 de março de 2016, em comparação às do período de 03 a 05 de abril de 2015.

Você também lê esta notícia em

http://noticias.serasaexperian.com.br/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.