VistaCorp Empreendimentos e Valente Incorporações lançam condomínio anticrise próximo ao Parque Barigui, em Curitiba

Um empreendimento anticrise, ou seja, com localização privilegiada, projeto arquitetônico e itens de lazer de um condomínio residencial de médio a alto padrão, mas com preço econômico, com garantia de valorização patrimonial e revenda rápida. Esse é o Barigui Woodland Park Residence, localizado a três minutos do Parque Barigui em Curitiba, das empresas VistaCorp Empreendimentos e Valente Incorporações, com construção da Costaguerra Engenharia. O empreendimento, lançado em junho de 2014, está com quase metade das obras concluídas e 70% das unidades vendidas.

O presidente da VistaCorp, Luiz Francisco Viana Jr., destaca que o empreendimento foi planejado com base em pesquisa de mercado e de opinião junto aos clientes, trabalho que levou um ano e meio e integrou todos os projetistas. “Os clientes de empreendimentos anteriores sugeriram melhorias e itens a serem inseridos nesse novo projeto, para que houvesse melhor alinhamento entre o que o imóvel possibilita e as necessidades dos moradores. Assim, conseguimos oferecer itens de diferenciação que coubessem no custo da construção”, explica.

Por estar próximo ao Parque Barigui, o projeto tem apelo ecológico e de sustentabilidade. Viana conta que na fachada optou-se por materiais que remetem à madeira e ao tijolo, elementos encontrados na natureza. Na área comum, foi projetado um jardim central, rebaixando a laje principal para acomodar fontes, árvores e grama, o que funciona como um “quintal” estendido para os apartamentos. Ainda, haverá um eco lava-car que vai usar a água reaproveitada da chuva.

“Nos imóveis, escolhemos janelas amplas, chamadas de large window, promovendo a insolação e ventilação natural, gerando economia para o morador. Também abrimos mão de 260 m² de área de construção e recortamos uma das torres para criar um espaço de contemplação, possibilitando que todas as quatro torres tenham vista para a área verde do entorno”, ressalta Viana.

A área de lazer foi planejada para atender a todas as faixas etárias de moradores, e também se baseou na opinião dos consumidores. “Nossa premissa foi pensar em espaços familiares, pois, estar com a família é o que os clientes valorizam em tempo de rotina agitada”, define Viana. Além do eco lava-car, haverá espaço de contemplação, salão de festas infantil e adulto, espaço família gourmet, espaço teen, espaço kids, sala de jogos e pub, piscina adulto e infantil individuais, solarium, espaço fitness com área reservada para alongamento/yoga, playground, quadra de futebol, pet care e espaço bricolagem para pequenos consertos.

Além de vagas para automóveis, o condomínio oferece 16 vagas para motocicletas e vagas para visitantes, assim como pontos para recarga de carro e bicicletas elétricas. Como está ao lado do Parque Barigui, inclui ainda espaço reservado para 170 para bicicletas. A segurança também é um item de destaque, com guarita com vidros blindados e portão duplo para todos os acessos do empreendimento, seja de pedestre ou de carros, nos dois subsolos de garagem. “Esse é um elemento raro em projetos nesse padrão. Além disso, vamos implantar um sistema inteligente de recepção de mercadoria na portaria, sem que haja a necessidade de terceiros subirem até o apartamento”, explica Viana.

O incorporador revela que, mesmo com todos os itens de diferenciação, desde seu lançamento o empreendimento é comercializado abaixo da média do metro quadrado privativo do mercado, o que tem atraído compradores não apenas da região, mas de outros bairros e cidades. Segundo dados Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR), enquanto o preço médio do metro quadrado privativo para os apartamentos novos em Curitiba é de R$ 5.862,00 para dois dormitórios e de R$ 6.390,00 para três dormitórios, no Barigui Woodland ele é até 14% menor do que a média.

“Isso é resultado de uma boa negociação que fechamos com o dono do terreno, pois, ele entendeu a importância da liquidez, principalmente no momento atual. Para o comprador, reflete-se na oferta de um imóvel a preço mais justo e acessível, mantendo-se a qualidade e a diferenciação, o que agrega valor ao empreendimento e o diferencia da concorrência. Tudo isso reforça o seu conceito anticrise”, argumenta Viana.

 

Perfil – Com 21,6 mil m² de área construída, o Barigui Woodland Park Residence terá quatro torres com 177 apartamentos. Destes, serão 75 com dois dormitórios e área privativa de 56 m². Ainda, haverá 77 apartamentos com três dormitórios e área privativa de 71 m². O condomínio terá ainda sete coberturas com área privativa de 171 m², com terraço exclusivo de 26 m².

Também haverá apartamentos Garden, sendo sete unidades com dois dormitórios e área privativa de 56 m², mais terraço exclusivo de até 48 m², e 11 unidades com três dormitórios com área privativa de 71 m², mais terraço exclusivo de até 76 m².Todos os imóveis contam com uma suíte e churrasqueira interna, integrada ao living. Além disso, cada unidade poder ter até três vagas de garagem, conforme disponibilidade

“As coberturas estão vendidas e há apenas dois apartamentos Garden disponíveis”, informa Viana. As incorporadoras oferecem algumas opções para a personalização do imóvel. A planta de dois e de três dormitórios têm como alternativa a ampliação do living ou da suíte. Em fase de construção, a entrega do empreendimento está prevista para o segundo semestre de 2017.

 

Serviço: o apartamento decorado do Barigui Woodland Park Residence está aberto para visitação de segunda a domingo, das 9 às 19 horas, no local em que está sendo construído o empreendimento (R. Tobias de Macedo Júnior, 1138 – Santo Inácio). Informações: (41) 3273-7733 ou www.bariguiwoodland.com.br (Maria Emilia Staczuk)

68a33ef6-e623-450d-a251-a1be2e5a813d

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.