Devocional Pão Diário completa 60 anos

Livro tem o objetivo de ajudar as pessoas na reflexão sobre temas como ética e relações interpessoais

 

O livro devocional Pão Diário completa 60 anos em 2016. Publicado em 56 idiomas e distribuído em mais de 150 países, é um dos principais livros já publicados no mundo. Em comemoração ao seu aniversário, será promovido no dia 28, das 10h e às 15h, o “Open House”. “Na próxima quinta, abriremos nossa casa para que as pessoas interessadas possam nos conhecer: saber como funcina nossos departamentos, a linha editorial, projetos especiais, estúdio e ainda montar um livro”, conta o diretor do Ministério Pão Diário no Brasil, Edilson Freitas.

A instituição lança, todos os anos, cerca de 60 milhões de exemplares do livro devocional em diversos países. “Somos muito conhecidos por nossos projetos no mundo inteiro e pelo livro ‘Pão Diário’, que já foi traduzido em 56 idiomas, como o árabe, chinês e inglês”, explica Freitas. Segundo ele, o objetivo é disponibilizar uma leitura curta e que dê oportunidade para se pensar sobre valores e ter uma aplicação prática da Bíblia. “Os interessados também podem ler as mensagens gratuitamente pelo nosso site www.paodiario.org ou baixar gratuitamente nosso aplicativo pelas lojas Apple Store e Google Store”, salienta.

Freitas comenta que a ONG também monta os devocionais direcionados para diferentes grupos. “Temos edições especiais para militares, como para o exército da Austrália, Estados Unidos, Nigéria e até a base da OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte utiliza o Pão Diário. Os soldados recebem a publicação juntamente com seu uniforme e mochila”, afirma. “Taxistas, bombeiros e outros profissionais também ganharam sua própria edição, que ajuda na reflexão da profissão e tem a ideia de trazer um alento, uma mensagem para fazer parte da vida de quem está lendo”, explica.

Presença internacional

O vice-presidente Sênior de Operações Américas e Áfricas do Ministérios Pão Diário, Luis Seoane, comenta que a organização começou nos Estados Unidos há 70 anos e depois de 25 anos, entrou no Canadá, Reino Unido e Cingapura. Foi apenas nos anos 2000 que a instituição começou a abrir filiais em outros países. “Hoje contamos com 47 escritores em diversos lugares do mundo e acabamos de conseguir mais um na Alemanha, na fronteira com a França”, conta.

Outro motivo de comemoração é a entrada na China. “Estamos crescendo de forma exponencial na China. Temos uma parceria com a Igreja oficial do país e somos autorizados pelo governo para divulgar nossos livros”, revela. De acordo com ele, estrangeiros não podem entrar com livros cristãos na China, que são barrados na alfândega. “Mas, como produzimos no país, a pessoa pode entrar em contato conosco, que fazemos a entrega de exemplares”, destaca.

Projetos

Os Ministérios Pão Diário promoveu, em 2014, um projeto para a Copa do Mundo. “Distribuímos, ao todo, um milhão e duzentos mil exemplares do nosso livro devocional durante a competição e mais uma boa quantidade para fora do país. Também montamos um CD, que disponilizamos online, com vários cantores brasileiros , e chegamos a 390 mil downloads em 42 países”, lembra Edilson Freitas.

Para as Olimpíadas e Jogos Paralímpicos, a ONG promove o projeto “Jogada Perfeita”. “São disponibilizados devocionais todos os dias para que o público e os atletas possam ler e refletir antes de começar as competições”, considera.

A instituição também tem parceria com escolas, hospitais e penitenciárias. “Trabalhamos com outras organizações para melhorar a qualidade de vida de todos e levar mais valores como amor, relações interpessoais e ética”, relata.

 

 

Sobre a Publicações Pão Diário

As primeiras atividades do Pão Diário iniciaram em 1938, a partir de uma emissora de rádio em Michigan, nos Estados Unidos, que transmitia mensagens para seus ouvintes. As menditações diárias passaram a ser solicitadas em forma de impresso pelo público. Assim, deu-se a origem às publicações, que hoje estão em 37 países e em outros os continentes. O Pão Diário conta também conta uma livraria online que pode ser acessada pelo www.publicacoesrbc.com.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.