Cabelos lindos e saudáveis no outono/inverno

 

Divulgação

As baixas temperaturas registradas no inverno curitibano, a capital mais gelada do país, são vilãs para os cabelos. Por isso, é fundamental, assim como no verão, ter cuidados especiais com os fios. Os banhos com água muito quente são prejudiciais não somente para a pele, mas para os cabelos. A alta temperatura da água desidrata e retira o óleo do couro cabeludo, que tem justamente a função de promover uma proteção natural e de lubrificação dos fios.

“Dessa forma, os cabelos ficam quebradiços, com pontas duplas, queda e um aspecto ressecado, além de parecer estar com caspa, por conta da descamação do couro”, explica o hairstylist Filipe Marcel, do salão W Crystal, no Shopping Crystal. Em alguns casos, comenta o especialista, os fios ganham uma aparência de engordurados. “Isso acontece porque o organismo entende que é preciso repor a ausência de oleosidade, em virtude do ressecamento excessivo.”

A água do banho deve ser de temperatura morna para fria, para evitar estes problemas. Marcel sugere ainda usar os produtos adequados especificamente ao tipo de cabelo. ”É fundamental fazer um diagnóstico com cabeleireiro de confiança, para saber exatamente que produto consumir no cotidiano”, orienta. Outra dica importante é hidratar os fios com regularidade. Uma vez por semana é o ideal.

É importante não dormir com fios úmidos e evitar toucas e gorros, por exemplo, em excesso. “São medidas que evitam que os cabelos fiquem fracos e quebradiços, além de prevenir o surgimento de fungos e bactérias.” Se for usar o secador, Marcel sugere a prévia aplicação de um protetor térmico ou reparador de pontas nos cabelos. “O ar quente do aparelho colabora para o enfraquecimento dos fios. É preciso protegê-los desta ação.”

Serviço

W Crystal

Rua Comendador Araújo, 731, Batel – Piso L4 do Shopping Crystal

Fone (41) 3018-0100

Site www.wcrystal.com.br

Facebook wcrystaloficial

Instagram @salaowcrystal

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.