Cenário político pode prejudicar (muito) a qualidade do sono

Além do noticiário político, a tensão provocada pelos últimos acontecimentos tem prejudicado a qualidade de vida e o sono de muitos brasileiros. Com a agitação do cenário, algumas pessoas tentam se manter ‘antenadas’ 24 horas por dia, o que, consequentemente, traz um forte desgaste ao corpo e a mente.

Doutor José Carlos Burlamaqui, otorrinolaringologista do Hospital Santa Catarina (SP) explica que “a privação crônica do sono traz sérios problemas ao organismo. O sistema imunológico, que é composto por uma série de órgãos, células e tecidos que, juntos, trabalham para proteger o corpo, é o mais afetado. Enxaquecas, dores de cabeça constantes, além de dores musculares e de estômago, são problemas que podem ser ocasionados pela má qualidade do sono”.

Irritação excessiva com questões cotidianas, nervosismo, além de cansaço, são outros fatores que podem ser desencadeados. “Dormir no mínimo oito horas por noite assegura que o organismo se restabeleça e aumente sua própria defesa contra algumas doenças, dores e infecções”, destaca o médico.

O especialista lembra que “existem doenças que interferem na qualidade do sono, tais como apneias obstrutivas e que antes de indicar medicamentos e procedimentos cirúrgicos, pequenas mudanças no cotidiano podem ajudar”.

Burlamaqui elenca três mudanças de hábito que podem auxiliar a enfrentar este problema:

  • Desligue: antes de se deitar é preciso acalmar o corpo e a mente. Para pessoas agitadas, assistir ou ouvir noticiários na hora de dormir tendem a acelerar o organismo e, consequentemente, prejudicar o repouso. Duas horas antes de se deitar, evite fazer atividade física, optepor ouvir músicas mais calmas e troque a ingestão de café por chá;
  • Programe-se para o dia seguinte: as preocupações com o trabalho e as tarefas do dia seguinte tendem a prejudicar o descanso de algumas pessoas. Antes de sair do trabalho, planeje como será seu próximo dia. Escreva tudo que precisa realizar de importante no próximo dia útil. Isso evitará preocupações que permeiam à mente na hora de encostar a cabeça no travesseiro;
  • Desligue a televisão do quarto: embora muitas pessoas tenham o hábito de dormir com a televisão ligada, esta prática prejudica muito a qualidade do sono, principalmente quando os assuntos abordados são ligados ao dia a dia da pessoa, como os casos recentes envolvendo o cenário político.

Sobre o Hospital Santa Catarina

O Hospital Santa Catarina, que completou 110 anos de fundação em 2016, prima pela excelência no atendimento seguro e humanizado. Referência de qualidade em serviços de saúde no Brasil, atende desde pequenos procedimentos até cirurgias de alta complexidade. A instituição filantrópica é parte da Associação Congregação de Santa Catarina, a qual compõe uma rede social que atua nos eixos da saúde, educação e assistência social. Congrega cerca de 17 mil colaboradores, distribuídos em diversas obras sociais e programas de apoio em oito Estados brasileiros.

Com infraestrutura moderna, equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados, o Hospital Santa Catarina dispõe de 240 leitos de internação, 75 leitos de UTI, 16 salas de cirurgia, cinco Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs neurológica, cardiológica, pediátrica, geral e multidisciplinar) e pronto atendimento 24 horas. (jorge@cdicom.com.br)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.