Mudança no calendário da moda favorece marcas autorais e alavanca vendas pela internet

No mesmo instante em que as tendências da moda são apresentadas nos desfiles das mais importantes grifes mundo afora, elas aparecem na tela do celular e na timeline das redes sociais. A instantaneidade da internet está impactando a estrutura da moda e se rendendo aos apelos dos consumidores, avalia Amanda Brito, CEO da Amey, marca de vestuário feminino. “O imediatismo do tempo real reflete significativamente no mundo fashion”, coloca, destacando que o movimento “see now, buy now”, em tradução literal “veja agora, compre agora”, está ganhando força entre os estilistas que repensam a criação de suas coleções e apostam na atemporalidade das peças. A explosão desse fenômeno é certa, assegura Amanda, lembrando que a Semana da Moda de Nova York começou a desenhar um novo formato de calendário de moda, adaptado à atual realidade do consumo e sugerindo o fim das coleções sazonais, ou seja, as roupas poderão estar nas lojas logo após lançamento nas passarelas.

A marca de vestuário feminino, desde que ingressou no mercado em 2004, trabalha com o conceito da atemporalidade em suas coleções. “A Amey nasceu voltada ao e-commerce, então para nós a velocidade e a assertividade em entregar exatamente o que o nosso cliente quer não é novidade”, assinala Amanda. “Nunca rotulamos nossas coleções por estações”, observa, acentuando que para criar as peças o estilista exclusivo Claudionor Cavalcanti fez a opção por tecidos, texturas e modelos versáteis e inovadores para serem usados em qualquer época do ano. Por outro lado, o clima está cada vez menos definido e, portanto, as coleções acabam perdendo a associação com verão, outono, primavera e inverno. “As pessoas vestem o que querem na estação que for”, avalia.

A nova formatação do calendário de moda é uma grande oportunidade de negócio para o mercado de e-commerce e para as marcas que atuam no atacado, como é o caso da Amey, analisa Amanda. A venda pela internet permite maior abrangência de público e um contato próximo mesmo com clientes localizados em regiões mais distantes. “Aliado a esse fator, a Amey garante a qualidade das peças e investe em conceitos de moda feminina focada nas preferências das mulheres de 15 a 45 anos e dos mais diversos estilos”, explica Amanda. E mais uma vez o movimento “veja agora, compre agora” ganha destaque no portfólio da marca, salienta. “Arrisco a dizer que a Amey é pioneira na atemporalidade e totalmente atualizada nessa questão, criando peças que nunca saem de moda”, observa Amanda. Outra vantagem da atemporalidade das coleções diz respeito à sustentabilidade, pois as roupas sempre estarão atuais, deixam de ser descartadas, por exemplo, porque acabou o inverno.

O estilista da Amey percebe que não haverá uma perda criativa com a questão da atemporalidade. Claudionor afirma que muito pelo contrário. “Vejo uma enorme possibilidade de explorar mais os conceitos da coleção e da própria marca na confecção das peças sem me preocupar com o apego à paleta de cores de uma estação ou o tecido próprio para frio ou calor”, avalia. Ele acredita que no campo criativo, o desafio fica mais abrangente, interessante e inspirador. Amanda argumenta ainda que essa nova perspectiva para o universo da moda, com certeza, fortalecerá as marcas autorais e a relação delas com seus seguidores.

Saia lápis e looks justos inspirados em Mariliyn Monroe (Divulgação)
Saia lápis e looks justos inspirados em Mariliyn Monroe (Divulgação)

Sobre a Amey-Empresa do Grupo ABL, criada em 2014, a Amey se tornou uma marca sólida e conceituada no mercado têxtil. Está estruturada numa rede de negócios com e-commerce, mobile commerce, representantes comerciais e lojas multimarcas no atacado, localizados em diversas cidades do Paraná e do Mato Grosso, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Agora também com uma loja de atacado no Master Shopping, em Cianorte (PR). O portfólio da Amey tem um mix de modelos modernos, clássicos, casuais e inovadores que vestem bem o público feminino dos 15 aos 45 anos e aposta em peças atemporais, seguindo a tendência da moda internacional. A Amey tem uma fábrica em Cianorte (PR) e a sede administrativa fica em Curitiba, na Rua Augustro Stresser, 453 – Alto da Glória.

Mais sobre a Amey em:
http://www.ameyoficial.com.br/
https://www.facebook.com/ameyvestuario
https://www.instagram.com/ameyclothing/
https://br.pinterest.com/ameyoficial/
https://www.youtube.com/channel/UCVoTufGGw40mEQiCn26LWdA

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.