Tendência nos edifícios de alto padrão, a varanda gourmet se transforma em local ideal para receber amigos

Possuir um espaço diferenciado, que possibilite receber amigos de maneira confortável para diversos eventos em casa, passou a ser um novo desejo de muitos que estão procurando um novo apartamento. Para suprir essa necessidade, as varandas têm ganhado destaque e uma nova utilização: elas têm sido transformadas em um espaço gourmet.

O conceito de varanda está presente na arquitetura nacional desde a época da colonização, quando influências portuguesas, mouras e orientais ditavam as regras das construções. Atualmente, ela ganhou uma infinidade de usos nas construções contemporâneas. “Espaço imprescindível nos projetos que realizamos, a varanda é um item de desejo do brasileiro”, conta Juliana Meda, arquiteta dos apartamentos decorados da construtora A.Yoshii.

Mas depois de selecionar o imóvel que melhor se enquadra no gosto do comprador, é preciso saber como a varanda será utilizada. O primeiro passo, de acordo com Juliana Meda, é definir o propósito de uso para o espaço conforme os gostos e necessidades do comprador. “O principal é entender qual será a finalidade desse espaço. Se a ideia é ter um espaço para cozinhar e receber amigos, a varanda precisa oferecer a infraestrutura necessária para essa atividade. Já se a proposta é ter um espaço de lazer e leitura por exemplo, os móveis serão diferentes e precisam ser adequados para isso”, explica.

Apesar de simples, essas orientações são de grande importância na hora de equipar e decorar o espaço. Planejar antes será essencial para garantir a funcionalidade da varanda, que deve ter tomadas e iluminação adequadas para cada atividade. “Se na hora de receber amigos for preciso trazer tudo da cozinha, a varanda será um espaço difícil de usar e acabará sendo deixado de lado. Se fazer churrasco está entre os hobbies principais da família, então os móveis e a decoração terão que servir esse propósito. Ter espetos, tábuas e os ingredientes essenciais sempre à mão na varanda vai tornar mais prático o seu uso.”, analisa a arquiteta. A orientação é equipar o cômodo e deixar tudo à mão, garantindo a praticidade e comodidade que um espaço de lazer como esse pede.

A varanda gourmet, entretanto, também pode ser utilizada para outras finalidades no dia a dia. Se a opção for um recanto de leitura e lazer, os materiais serão mais aconchegantes e acolhedores, como tapetes, sofás reclináveis, almofadas e luzes de leitura. Se as crianças forem utilizar a varanda, o ideal é focar na segurança dos pequenos e na praticidade, com pisos emborrachados e materiais de fácil limpeza. Um espaço verde, com hortas verticais, também pode ser uma opção para quem quer ter um pouco mais de natureza dentro de casa.

 

Sobre o Grupo A.Yoshii

A A.Yoshii Engenharia foi fundada há 50 anos pelo engenheiro civil Atsushi Yoshii, em Apucarana e transferiu sua sede para Londrina em 1979. No início, cresceu executando obras pelo regime de empreitada global para clientes como Banco América do Sul, Casas Pernambucanas e Banco Itaú. Atingiu outras cidades do País, como Recife, Salvador, Brasília, São Paulo e Porto Alegre e hoje tem no seu currículo obras como, Klabin, Arautos do Evangelho, Dow Química, CMPC, entre outras.

Com inúmeros empreendimentos residenciais realizados nas principais cidades do Paraná, foi reconhecida em 2016 pelo ITC, como as 100 maiores construtoras do Sul do Brasil e a maior construtora na categoria regional residencial sul. Se destaca pela qualidade e pontualidade na entrega. Em 2009, foi criada a Yticon, marca do grupo que foca no desenvolvimento de empreendimentos econômicos para quem procura seu primeiro imóvel. Em 2010 a A.Yoshii iniciou suas atividades em Maringá e, em 2015, em Curitiba.

Uma das características marcantes da empresa é atuar sempre com equipe própria na execução de obras. Com isso, a A.Yoshii se diferencia pela qualidade dos projetos, respeito aos prazos e atendimento ao cliente. O resultado figura em premiações e rankings: em outubro de 2015 o Grupo A.Yoshii foi eleito o terceiro melhor em Gestão de Pessoas na categoria de 3 mil a 7 mil funcionários, de acordo com o jornal Valor Econômico. Em 2014 a construtora foi classificada entre as 150 melhores empresas para trabalhar, segundo a revista Você S/A. (CENTRALPRESS)

imagem_release_640017
O projeto do Maison Heritage Ecoville permite a integração da varanda com a sala de estar e ao espaço gourmet Crédito: Ronan Rufino

imagem_release_640013

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.