Com Topografia Guiada, clínica de Curitiba realiza cirurgias oculares a laser mais precisas e eficientes

Imagens detalhadas da superfície da córnea, captadas por um instrumento de alta definição, tornam as cirurgias a laser muito mais precisas e eficientes.  Chamado de Topolyzer, o aparelho é empregado na fase anterior à cirurgia, no pré-operatório. “São justamente as informações registradas por este aparelho que vão guiar o uso do laser durante o procedimento, como se fosse um GPS indicando o melhor caminho a ser seguido”, explica o oftalmologista Luiz Geraldo Simões de Assis, diretor clínico do Instituto de Oftalmologia de Curitiba (IOC).

Ele conta que o mapa é desenhado pelo reflexo de 22 mil pontos na superfície da córnea. “Esse mapeamento em detalhes possibilita identificar com exatidão todas as imperfeições e irregularidades na superfície da membrana, como elevações ou depressões, que podem ter sido inclusive provocadas por técnicas ultrapassadas, como as cirurgias feitas com bisturi de diamante. Identificadas as imperfeições, dispensa-se mais ou menos energia nessas regiões, utilizando a quantidade ideal para o nivelamento e regularização da superfície”, completa.

A córnea é a camada mais superficial do olho e funciona como uma lente importante na focalização das imagens. Mas são essas irregularidades que comprometem a nitidez, atrapalhando a visão. Além de recomendada para correções de cirurgias feitas com bisturi de diamante, a Topografia Guiada, como é também chamada, pode ainda ser indicada para quem sofre de ceratocone (distorção da imagem) ou também para quem tem problema de má qualidade de visão diurna ou noturna.

Sobre o IOC – Fundado em 1994, o Instituto de Oftalmologia de Curitiba é um dos maiores e mais bem estruturados centros oftalmológicos da América Latina. Com sede na capital paranaense, a equipe do IOC é comandada pelo Dr. Luiz Geraldo Simões de Assis, que é formado pela Universidade Federal do Paraná e tem Pós-graduação em Oftalmologia peloBascom Palmer Eye Institute University of Miami. <marcopaulo@libris.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.