Criada para dar assistência aos negros libertos, Sociedade 13 de Maio terá programação especial para comemorar seus 128 anos nesta sexta

Nesta sexta, 13 de maio, data que marca os 128 anos da abolição da escravatura no Brasil, Curitiba celebra o mesmo tempo de atividade do terceiro mais antigo clube social negro em funcionamento no país, a Sociedade Operária Beneficente 13 de Maio, localizada no bairro São Francisco. Além de missa, às 17h, na Igreja do Rosário, haverá sessão solene na Sociedade, às 21h30, e a apresentação ‘Samba da Nega’, com a cantora Janine Mathias e participação de Ciro Morais, a partir das 23h30. Os intervalos serão animados pela DJ Babi Oeiras com muito samba.

Ponto certo para aqueles que gostam de dançar um samba animado ou um forró agarradinho, com som ao vivo de tradicionais grupos locais, a “13 de Maio”, como é conhecida na cidade, carrega uma rica história, ainda pouco conhecida, até mesmo pelos frequentadores dos bailes realizados regularmente no espaço.

História e cultura negra em Curitiba
Instituída em junho de 1888, o objetivo da Sociedade era prestar assistência médica, financeira, educacional, social e funeral aos negros libertos. Sua história derruba o mito de um Paraná sem negros, construído apenas com a força dos imigrantes europeus.

A partir de 1940, a Sociedade passou por transformações e foi aberta a novos sócios, não sendo mais restrita apenas aos negros. As ‘domingueiras’ de samba passaram a ser uma tradição na casa que recebia de estivadores aos ‘doutores’, sem discriminação. Presidente da instituição desde 1994, Álvaro da Silva acompanhou de perto esta trajetória da Sociedade, uma vez que seu pai a presidiu por 40 anos. Ele conta com saudosismo que os bailes de final de semana, na época, eram um evento social aguardado por todos. “Era uma tradição vir à gafieira de domingo à tarde bem ‘becado’, de terno, gravata e chapéu”, lembra.

Alvaro Silva, presidente da 13 de Maio| Foto: Dança em Pauta
Álvaro Silva, presidente da 13 de Maio| Foto: Dança em Pauta

Em 2001, com ajuda da Prefeitura de Curitiba, a sede da Sociedade foi restaurada, mantendo suas características arquitetônicas, e o imóvel foi declarado “Unidade de Interesse Especial de Preservação”.

Hoje, além dos tradicionais bailes de samba e forró, mantendo o mesmo clima acolhedor de décadas atrás, a 13 de Maio abre espaço para a capoeira e outras atividades culturais. “Os jovens e os universitários gostam de fazer suas festas aqui. Dizem que se sentem a vontade na casa, que ela é harmoniosa. Eu fico todo vaidoso do pessoal dizer que adora a 13 de Maio”, diz Álvaro.

SERVIÇO
Aniversário de 128 anos da Sociedade 13 de Maio
13 de maio de 2016
Sociedade Operária Beneficente 13 de Maio
Rua Desembargador Clotário Portugal, 274 – São Francisco | Curitiba-PR
Entrada: R$ 20,00
Forma de pagamento: somente dinheiro
Consumo no bar: aceita dinheiro ou cartão de débito
Informações: 41 9507-1611 | sociedade13demaio@gmail.com
PROGRAMAÇÃO
17h00 | Missa na Igreja do Rosário
20h30 | Abertura da casa
21h30 | Sessão solene
23h30 | Samba da Nega com Janine Mathias e participação de Ciro Morais

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.