Evento de dança reúne “tribos” em Curitiba

A companhia curitibana Zabai promove no dia 21 de maio o II Hafla Zabai, reunindo as principais bailarinas de Tribal Fusion de Curitiba. O evento ocorre no Espaço Cultural La Bamba, no Cabral.

 

Hafla é uma palavra árabe que significa uma festa ou reunião social. O termo Hafla é usado para descrever um evento onde os alunos (as) , profissionais e membros do público se reúnem em nome da dança oriental . Ele também é usado como uma plataforma de desempenho aberta para dançarinos de todos os níveis que querem mostrar suas habilidades na frente de um público de apoio e incentivo, como amigos e familiares.

Curitiba tradicionalmente conhecida como uma cidade “fria” tem reunido cada vez mais praticantes do Tribal Fusion. Uma dança étnica contemporânea, fusão de movimentos extraídos de danças de culturas diversas, populares e clássicas, folclóricas e urbanas. “É uma modalidade de dança que funde arquétipos, conceitos e movimentos de danças étnicas das mais variadas regiões, como o Flamenco, a Dança Indiana e danças folclóricas de diversas partes do Oriente, desde as tradicionais manifestações folclóricas. Já bem conhecidas pelas bailarinas de dança do ventre às danças tribais da África Central, chegando até as longínquas tradições das populações islâmicas do Tajiquistão” (HALIM, Shaide, 2008 – uma das pioneiras do estilo no país).

Uma dança que mostra elementos das danças de tribos de mulheres, possibilitando à performance um ar exótico e de magia. A dança do ventre é uma das principais bases do tribal. Porém, com uma vertente mais dark e imprimindo a personalidade de cada bailarina.

Segundo Tati Macedo, que é professora de Tribal Fusion, Curitiba tem tudo para se tornar uma das principais capitais da dança no Brasil. “Os curitibanos tem esta característica diferenciada que torna eventos como a Zombie Walk e Psico Carnival um sucesso”.

Mariah Voltaire é uma das pioneiras a se profissionalizar como bailarina de Tribal Fusion no Brasil e está à frente da Cia que organiza o evento. Este é o primeiro evento de tribal ao ar livre na cidade. O La Bamba conta com área externa e gramado onde serão as apresentações. Bailarinas com os pés no chão e trocando energia com a terra e a platéia. O tema deste Hafla é “Divindades da Natureza”, o que promete performances cênicas e fortes das bailarinas convidadas. “Esse o evento é maior porque eu queria que mais pessoas conhecessem a dança tribal, criar publico para a nossa dança”, diz Mariah.

 

(((PROGRAMAÇÃO)))

21/05/2016
♦ 15:30: Abertura do evento
– Exposição de arte, artigos tribais e artesanatos.

♦ 16:00 às 18:30 – Aulões gratuitos (1h cada modalidade)
1º Mariáh Voltaire – Tribal Fusion Bellydance
2ª Bety Damballah – Tribal Laico
3º Lyane Mesquita – Yoga

♦ 19:30: Inicio das apresentações
– Dark Fusion
– Belly Dance
– Flamenco Fusion
– Tribal Fusion Bellydance

VALOR: R$20,00
❉ Somente dinheiro (não temos máquina para cartões). (tatiane@infoclip.com.br)

913df43a-d759-49da-8d0b-7e52d7c5354c

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.