Sebrae/PR promove edição do Programa Selo Alimentos do Paraná especialmente voltada a feirantes de Curitiba

Com 60 vagas, Programa vai certificar produtores em aspectos de qualidade sanitária e excelência em gestão, por meio de treinamentos e consultorias especializadas; lançamento foi realizado durante o 1º. Simpósio Nacional de Feiras Livres e Mercados Públicos

Micro e pequenos negócios de 105 feiras livres de Curitiba acabam de ganhar um diferencial na atratividade de clientes. Na tarde da última quinta-feira, dia 28, o Sebrae/PR e a Secretaria Municipal de Abastecimento (SMAB) assinam um termo de cooperação técnica para a implantação do Programa Selo Alimentos do Paraná – Feira Livre Curitiba. A cerimônia, que ocorreu durante o 1º. Simpósio Nacional de Feiras Livres e Mercados Públicos, realizada no Auditório do Mercado de Orgânicos do Mercado Municipal da capital, contou com a participação do prefeito Gustavo Fruet, do gerente regional do Sebrae/PR, José Ricardo Castelo Campos, e do secretário municipal de Abastecimento, Marcelo Munaretto.

Com 60 vagas abertas para esta edição voltada aos feirantes, o Programa Selo Alimentos do Paraná tem como objetivo atestar a conformidade na produção de alimentos em aspectos de qualidade sanitária e excelência em gestão. A intenção é implantar boas práticas nas feiras livres, por meio de módulos, com um total de 24 horas de duração, divididos em treinamentos e consultorias especializadas.

Os excelentes ganhos em gestão e as melhorias na qualidade dos produtos das mais de 500 micro e pequenas empresas participantes, ao longo dos últimos sete anos, são o legado do Programa, que beneficia clientes e empresários, segundo o gerente regional do Sebrae/PR. “Com o Selo, o cliente vê que o produto é trabalhado, manipulado de forma correta, sendo um diferencial na escolha entre dois produtos iguais. Já para o empresário fica o legado da excelência em gestão, porque se o produto for só bom, mas a empresa não tiver boas práticas nessa área, o lucro pode ir por água abaixo”, acrescenta José Ricardo.

De acordo com o prefeito Gustavo Fruet, o Selo vem somar às boas práticas já adotadas pelas feiras livres da capital, que incluem controle sanitário, economia de água e gestão de resíduos sólidos. “O Sebrae é um grande parceiro de Curitiba, e esse Programa do Selo Alimentos do Paraná traz um salto de qualidade para nossas feiras. Essa experiência trará uma visibilidade para a capital e, quem sabe, nos tornará referência para outras cidades”, projeta.

O secretário Munaretto recorda que a parceria com o Sebrae possibilitou trazer um programa já consolidado para a realidade dos feirantes, atestando o processo produtivo. “Nestes tempos de crise, especialmente, esse salto de qualidade representa um ganho social tremendo a um baixíssimo custo público”, destaca.

Novo gás

Para a empresária Patrícia Borek, do Pierogi do Miro, presente em seis feiras curitibanas há 27 anos, o Programa do Sebrae traz um novo gás aos produtores e comerciantes de alimentos. “As feiras já são tradicionais na capital, e o Selo cria um padrão, inaugura um novo patamar de qualidade, já que, por meio dele, muita gente poderá dar garantias ao consumidor. Ou seja, agora, além de preço acessível, outro diferencial será a qualidade”, planeja.

O Programa

Mais de 500 pequenas indústrias, agroindústrias e distribuidoras de alimentos e bebidas de diversas regiões do Paraná já participaram do Programa e, atualmente, 66 possuem o Selo Alimentos do Paraná. A chancela comprova não só a eficiência na gestão da empresa, como a segurança e qualidade alimentar dos produtos.

Promovido pelo Sebrae/PR, tendo por comitê gestor Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Federação do Comércio, Bens e Serviços (Fecomércio), Associação Paranaense de Supermercados (Apras) e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), além do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) como avaliador, o Programa objetiva melhorar os processos produtivos, aprimorar a qualidade e incentivar boas práticas de gestão em empreendimentos de micro e pequeno porte do segmento de alimentos e bebidas, dentro do Modelo de Excelência da Gestão (MEG), da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

Ao atestar a qualidade dos processos e da gestão empresarial, os negócios se tornam mais aptos a ações de mercado e prospecção de clientes. Durante um ano, as empresas participam de atividades de mercado fomentadas pelo Programa. Ao final do período, uma nova auditoria, proporcionará continuidade das ações, caso os bons índices sejam mantidos ou ampliados.
Informações sobre as empresas já certificadas e o Programa Alimentos do Paraná podem ser obtidas pela Central de Relacionamento do Sebrae/PR, no 0800 570 0800, ou pelo portal www.sebraepr.com.br/seloalimentosdoparana.
Sobre o Sebrae/PR
O Sebrae/PR – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é, para quem já é ou quer ser empresário, a melhor opção para obter informação e conhecimento. Criado na década de 1970, o Sebrae é a instituição que mais entende de pequenos negócios, no campo e na cidade, e possui a maior rede de atendimento do País. No Paraná, conta com 6 regionais e 13 escritórios. A instituição chega aos 399 municípios por meio de Pontos de Atendimento, Salas do Empreendedor e parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos e programas, soluções com foco em ambiente de negócios; educação empreendedora; empreendedorismo e gestão; empresas de alto potencial e potencialização; liderança; e startups.

Informações para a imprensa:
Savannah Ações em Comunicação – empresa licitada do Sebrae/PR
Assessoria de Imprensa Sebrae/PR: Bruna Komarchesqui
(41) 8874-4907 | jornalismopr@savannah.com.br
Coordenação Savannah: Jaqueline Gluck (41) 3035 5669 | 9602 7541
Adriano Oltramari – Jornalista do Sebrae/PR – (41) 3330 5895

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.