48 horas em Canoa Quebrada

Selecionamos as melhores dicas para curtir dois dias nesse paraíso. Pode ser pouco tempo, mas é a chance de você voltar para casa apaixonado por mais um destino brasileiro e com gostinho de quero mais

 
Por Juliana Boechat, enviada especial a Aracati


Crédito: Rodolfo Vilela/MTur

Dois dias pode não ser muito, mas às vezes é o suficiente para desligar da correria do dia a dia e sair da rotina. Ainda mais se o destino escolhido é paradisíaco e cheio de opções de lazer e aventura, como é o caso de Canoa Quebrada, no Ceará. A praia fica a apenas 150km de Fortaleza e tem opção para todos os tipos de viagem: a de pés para o alto, a de tirar o fôlego, a romântica e com crianças. A Agência de Notícias do Turismo está em Aracati para a cobertura do Revezamento da Tocha Olímpica e aproveitou a viagem para destacar alguns passeios imperdíveis neste destino.


Como chegar

Se sua opção for chegar a Canoa Quebrada de avião, o aeroporto mais próximo é o da capital Fortaleza. Lá, você pode alugar um carro e seguir pela CE-040 (também conhecida como ‘Litorânea’) até Aracati.


1º dia:

De manhã

Reserve o primeiro dia pela manhã para descansar e aproveitar a belíssima praia de Canoa Quebrada. São 12 km de areia clara, mar azul turquesa (principalmente nos dias de sol), água calma e morna. A praia é chamada assim porque, segundo a lenda, em 1650, uma caravela bateu nas pedras de Ponta Grossa, uma praia próxima, e naufragou em um pouco mais adiante. Os pescadores da região chamavam uns aos outros para ver a tal canoa quebrada. E assim ficou!


À tarde

Aracati, cidade onde fica Canoa Quebrada, é um nome de origem tupi que significa “bons ventos”. Não é por menos: mesmo com sol escaldante, a brisa presenteia os turistas que visitam a praia. Com o litoral contornado por falésias, que chegam a 7 metros de altura, o local é perfeito para a prática de parapente. O vento oriundo do mar bate nos paredões de argila e sobem, criando o ambiente propício para o esporte. O horário ideal é das 14h às 17h.

Como o passeio pelos ares de Canoa Quebrada dura aproximadamente 20 minutos, que tal emendar em uma aventura por terra? O passeio de bugue pelas dunas móveis cearenses dura aproximadamente 2 horas e se encerra com uma vista panorâmica do pôr do sol. Uma das paradas no caminho é o famoso símbolo da praia. Segundo os guias locais, o artesão e pescador Chico Olisiaro avistou em uma noite a lua crescente próxima a uma pequena estrela. Encantado, começou a esculpir o símbolo no seu trabalho como artesão e nas falésias da praia. Hoje, essa marca está por toda a região!

À noite

Tem energia? Vá à Broadway! Rua de paralelepípedo com lojinhas, restaurantes e vários lugares para dançar. Sábado é o dia mais badalado e quando o comércio está todo aberto.

2º dia

De manhã

O Rio Jaguaribe cruza todo o estado do Ceará — começa na divisa com Pernambuco e deságua no mar. É o maior rio seco do Brasil! Um passeio de barco pelas águas turvas para conhecer um pouco mais da região é um ótimo passeio. É também um local de pesca esportiva.

Almoço

Paradinha para o almoço, que ninguém é de ferro. Os aracatienses chamam de barracas, mas quem chega de fora fica impressionado com os complexos que estão instalados na areia da praia. Eles servem comidas típicas, vários ambientes, piscina e, em determinadas épocas do ano, têm agenda de shows. Camarão, lagosta e peixe são os carros-chefe por lá!

À tarde

O passeio de quadriciclo pode ser pela beira mar ou pelas dunas para ver o pôr do sol, um dos principais encantos da praia. “É bem tranquilo, divertido e, desta vez, é você quem está no comando. O guia está ali para ser seguido e, claro, tirar foto quando necessário. Não se estranhe se, antes de bater o flash ele gritar: OLHA O JEGUE! Sorria e marque para sempre este paraíso no seu álbum de viagens e no seu coração!  <ascom@turismo.gov.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.