ONG busca financiamento coletivo de projeto de grafitti em Almirante Tamandaré

Um projeto para incentivar a criatividade artística e grafitar os muros de uma escola pública. É o que busca a ONG A+ Educação com a abertura do financiamento coletivo do projeto “Grafitti – O muro da escola é seu!”, elaborado e inscrito no site da organização pela professora Rosimara Jukowski, da Escola Estadual Tancredo Neves, de Almirante Tamandaré.

“Faremos um concurso de desenhos de grafite, para premiar os três primeiros lugares e oferecer o muro de entrada da escola para que os próprios alunos pintem seus grafittis. A ideia é convidar a comunidade da escola para ajudar no concurso, principalmente jovens que já usam spray para grafitar”, explica Rosimara, que dá aulas de Artes.

A professora conta que seus alunos são bastante criativos e participativos, com bons relacionamentos entre si e sentimento de valorização que, muitas vezes, lhes falta no ambiente doméstico. “A comunidade é carente, vive em um ambiente exposto com frequência a drogas, violência e abandono. A escola e as atividades que desenvolvemos talvez seja o único espaço em que muitos dos alunos podem desenvolver suas habilidades e aptidões. Busco sempre ensinar sobre artistas e movimentos, para incentivá-los a criarem seus próprios trabalhos”, diz.

 

Para participar

Por meio do site www.amaiseducacao.org.br qualquer professor da rede pública pode inscrever seus projetos e qualquer pessoa pode fazer doações a partir de R$ 10.

A A+ Educação atua exclusivamente com o ensino público. Em um ano de atuação, já beneficiou mais de 2 mil alunos em cinco projetos financiados nas cidades de Curitiba, Colombo e Codó, no Maranhão. “Nosso objetivo é empoderar os professores com projetos de curto prazo que podem melhorar a vida e o aprendizado de seus alunos. É fazer os professores recuperarem o brilho nos olhos”, afirma Leonardo Capel, diretor da ONG.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.