Prevenção da neutropenia evita suspender quimioterapia

A Teva, uma das maiores empresas globais no setor farmacêutico com longa tradição em pesquisa e desenvolvimento, traz ao mercado brasileiro um novo medicamento para prevenir a neutropenia1 – que se caracteriza pela redução dos níveis dos glóbulos brancos e, por consequência, diminuição da imunidade. Essa nova substância é denominada lipegfilgrastim e pode prevenir a ocorrência da neutropenia em pacientes oncológicos em tratamento quimioterápico, evitando a redução de dose ou a interrupção da quimioterapia. O lipegfilgrastim, comercializado no Brasil com o nome de Lonquex, é uma terapia avançada, que evita a necessidade de múltiplas injeções diárias, prevenindo a ocorrência de neutropenia com apenas uma injeção por ciclo de quimioterapia.

A neutropenia é um evento adverso frequente no tratamento do câncer, e uma vez instaurada pode retardar a quimioterapia, prejudicando a continuidade do tratamento. Quase metade dos pacientes com tumores sólidos que passaram pelo menos por um ciclo de quimioterapia pode apresentar um episódio da doença.  O Instituto Nacional do Câncer (INCA)2 estima que, no biênio 2016-2017, sejam registrados cerca de 600 mil novos casos de câncer.

“É muito angustiante para o paciente ter de paralisar o tratamento por causa da queda na imunidade provocada pela quimioterapia, por isso é fundamental prevenir e tratar a neutropenia para evitar o agravamento do quadro clínico e manter a continuidade do tratamento. Podemos dizer que a neutropenia é um dos eventos adversos mais graves provocados pela quimioterapia em pacientes oncológicos”, comenta o professor associado de Hematologia do departamento de Clínica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Angelo Maiolino.

Nesse cenário, as sociedades Americana3 e Europeia4 de Oncologia (ASCO e ESMO) recomendam a prevenção da neutropenia com medicamentos que estimulem e regularizem a produção dos glóbulos brancos, como o lipegfilgrastim.

“É de extrema importância a conscientização de médicos e pacientes sobre todos os eventos colaterais da quimioterapia, que vão muito além de queda de cabelos e diarreia, os sintomas mais conhecidos pela população. Existem outras consequências severas, que podem ser evitadas com o acompanhamento e o tratamento adequado”, complementa o especialista.

 

Evidência científica

Vários estudos clínicos demonstram que lipegfilgrastim é eliminado mais lentamente pelo organismo, dessa forma seus benefícios têm uma duração maior, necessitando de apenas uma injeção por ciclo de quimioterapia. O estudo comparativo do medicamento com pegfilgrastim revela que lipegfilgrastim foi eficaz e seguro na prevenção na neutropenia, e os pacientes tratados com lipegfilgrastim apresentam uma redução de 1,5 dia no tempo de recuperação da contagem absoluta de neutrófilos em comparação a pegfilgrastim. 5

 

Sobre Lonquex

Lonquex é indicado para a redução da duração da neutropenia e incidência de neutropenia febril em pacientes oncológicos tratados com quimioterapia. O produto é disponibilizado em seringa preenchida com mecanismo de proteção da agulha para administração por via subcutânea, na parte superior do braço, no abdômen ou na coxa. O medicamento também está disponível em vários mercados europeus, incluindo Reino Unido, Alemanha e Holanda.

 

Sobre a Teva

A Teva Farmacêutica é uma das maiores empresas globais no setor farmacêutico e oferece soluções com alta qualidade voltadas para a melhora da qualidade de vida dos pacientes. Com sede em Israel, a Teva é o maior produtor de medicamentos genéricos do mundo, valendo-se de um portfólio com mais de 1.000 moléculas para produzir uma ampla gama de produtos genéricos para quase todas as áreas terapêuticas. Além disso, a Teva tem uma posição de liderança mundial em tratamentos inovadores para doenças do sistema nervoso central, incluindo a dor, bem como um forte portfólio de produtos para a área respiratória. A divisão de Pesquisa e Desenvolvimento da Teva integra medicamentos genéricos e de marca, criando novas formas de abordagem para as diferentes necessidades dos pacientes combinando o desenvolvimento de novas drogas com dispositivos, serviços e tecnologias. No Brasil desde 2006, a empresa oferece produtos para Saúde Feminina, Oncologia, Respiratória, Neurologia, Hematologia e Infectologia. A receita líquida global da Teva totalizou US$ 6,17 bilhões em 2015.

 

Referências:

1 Freifeld AG, Bow EJ, Septkowits KA, Boeckh MJ, Ito JI, Mullen CA, Raad II, Rolston KV, Young JA, Wingard JA. Clinical Pratice Guideline for the Use of Antimicrobial Agents in Neutropenic Patients with Cancer: 2010 update by the Infectious Disease Society of America. Clin Infect Dis 2011;52(4):e56-e93.

2 http://www.inca.gov.br/estimativa/2016/estimativa-2016-v11.pdf.

3  Smith TJ, Khatcheressian J, Lyman GH, et al. 2006 update of recommendations for the use of white blood cell growth factors: an evidence-based clinical practice guideline. J Clin Oncol. 2006;24(19):3187-205.

4 Aapro MS, Bohlius J, Cameron DA, et al. 2010 update of EORTC guidelines for the use of granulocyte-colony stimulating factor to reduce the incidence of chemotherapy-induced febrile neutropenia in adult patients with lymphoproliferative disorders and solid tumours. Eur J Cancer. 2011;47(1):8-32.

5 Bondarenko et al. BMC Cancer. 2013;13:386.

6 Bond et al. Abstract accepted for poster presentation at ISPOR EU 2015.  <mariana.roman@littlegeorge.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.