Toxina botulínica e ácido hialurônico podem ser soluções para problemas odontológicos

Dores na musculatura da cabeça ou aparentemente uma simples dor de cabeça recorrente são sintomas que podem estar relacionados com problemas mais graves da boca. Um tratamento coadjuvante pode ser encontrado na aplicação da toxina botulínica. A substância pode representar parte da solução para tratar problemas relacionados ao bruxismo, dor tensional, assimetria facial e sorriso gengivoso.

Além disso, ausência do volume de gengiva e lábios podem ocorrer devido a perdas dentárias mais extensas e antigas. Uma recuperação do volume pode proporcionar a melhoria do tônus muscular, a mastigação e a fala – funções que podem ser recuperadas após reabilitações dentárias associadas a aplicações do ácido hialurônico.

Para estimular a identificação desses distúrbios, o curso de Odontologia da Universidade Positivo (UP) promove, nesta quinta-feira (9), a primeira triagem. A iniciativa é gratuita e acontece no câmpus Ecoville da UP, a partir das 14h. Após o diagnóstico, o paciente poderá iniciar o tratamento na própria Clínica Odontológica da universidade. Todo o procedimento é feito por professores do curso e profissionais já formados, sendo assim, os custos são menores que os do mercado.

Segundo o coordenador do curso de extensão em Aplicação do Ácido Hialurônico e Toxina Botulínica na Odontologia da UP e coordenador da iniciativa, João Zielak, muitas vezes o paciente convive com os problemas sem saber onde está a causa. “A falta de conhecimento sobre o real motivo acaba gerando incômodo durante muito tempo”, explica.

Serviço:

Triagem para diagnóstico de disfunções da boca

Data: 9 de junho, das 14h às 17h

Local: Clínica Odontológica da Universidade Positivo, no câmpus Ecoville | Avenida  Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300, Bloco Marrom

Como fazer: o paciente deve ligar e agendar o horário da triagem pelo telefone (41) 3317-3488.

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo (UP) concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece 54 cursos de Graduação (30 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 24 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão. Em Curitiba, a UP conta com três campus: Ecoville, que ocupa uma área de 424,8 mil metros quadrados, Praça Osório, no centro da cidade, e Mercês – Catarina Labouré, este último dedicado ao curso de Enfermagem. Lançou, em 2013, seu programa de Educação à Distância, com dezenas de polos em todo o país. Segundo as avaliações do Ministério da Educação, é considerada uma das melhores universidades privadas do Brasil.

imagem_release_673486

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.