2º SimpAME-PR debate a Medicina Integrativa

Uma mudança na relação entre médico e paciente, em que a doença deixa de ser o foco central do tratamento, e a atenção passa a ser voltada para o todo: mente, corpo, espírito e estilo de vida. Essa é a proposta da Medicina Integrativa, que será debatida por renomados médicos e outros profissionais da saúde, da região Sul, durante o 2º SimpAME-PR, Simpósio da Associação Médico Espírita do Paraná, que acontece nos dias 23 e 24 de setembro, no Teatro da FEP (Federação Espírita do Paraná). O tema central do evento será “Saúde, Ciência e Espiritualidade – Conexão do Conhecimento para a Saúde Integral”.

A medicina integrativa tem mudado o paradigma do tratamento médico em hospitais, unidades de saúde e consultórios, que passaram a tratar o paciente em sua totalidade. Muito difundida nos Estados Unidos, onde surgiu na década de 70, ela vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil, passando a ser adotada por hospitais conceituados como Albert Einstein e Sírio Libanês.

A medicina integrativa emprega no tratamento terapias convencionais e complementares, onde o paciente é visto como o principal responsável pela sua cura. Para isso, além de tratar a doença com os conhecimentos mais avançados da medicina, são associadas às terapias como acupuntura, ioga, meditação, entre outras, de acordo com a necessidade para o restabelecimento integral do paciente, que inclui aspectos sociais e emocionais.

O médico, para tratar o paciente, precisa entender todos os aspectos. Por isso, é importante compreender a situação da pessoa como um todo, como por exemplo, como é o seu relacionamento familiar, no trabalho e religioso. As pessoas que têm uma crença conseguem obter melhores resultados no processo de cura. Segundo a pesquisa realizada pela da Universidade de Toronto (Canadá), liderada pelo professor de Psicologia Michael Inzlicht, a fé pode diminuir a ansiedade, a depressão e o estresse.

De acordo com o médico, presidente da Associação Médico Espírita do Paraná (AME-Paraná) e professor de ginecologia e obstetrícia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Edson Gomes Tristão, o objetivo do evento é reunir acadêmicos e profissionais de saúde: médicos, psicólogos, enfermeiras, assistentes sociais, terapeutas holísticos e ocupacionais, estudiosos e pesquisadores, além de grupos religiosos, espíritas e espiritualistas para promover a Conexão do Conhecimento para a Saúde Integral. Ele defende o conceito de que a saúde não é somente a ausência de doenças, mas sim o conjunto harmônico de saúde física, mental, social e espiritual, em que dever ser tratado o “doente” e não a doença.

Entre os temas abordados estarão: “Stress e Doenças Cardiovasculares”, “O Campo Quântico como Espaço Fenomênico para a Cura de Doenças”, “Influência dos Processos Obsessivos na Área Médica”, “Despertando uma Consciência Crítica Frente ao Alcoolismo”, “Mentes Interconectadas”. “A Física Quântica e a Lei de Sintonia” e “Espiritualidade na Formação do Médico”.

Em paralelo ao Simpósio, será realizado o EncontrAME-Sul (Encontro das Associações Médico Espírita da Região Sul).

A AME-PR (Associação Médico Espírita do Paraná) é uma entidade científica cultural, sem fins políticos ou lucrativos, de caráter eminentemente científico, filosófico, ético, moral e social, comprometida com a Ciência Oficial e a Cultura Espírita.

SERVIÇO: 2º SIMPAME-PR
Data: 23/09 – sexta, das 19h às 22h / 24/09 – sábado, das 8h às 17h45
Local: Teatro da FEP (Federação Espírita do Paraná) – Rua Alameda Cabral, 300 – Centro
Investimento: Junho (R$80,00), Julho (R$ 90,00), Agosto (R$100,00) e Setembro (R$120,00). Desconto de 50% para acadêmicos de medicina, psicologia (graduandos e pós-graduandos) e médicos residentes, mediante comprovação no local do evento.
Ponto de Venda: Disk Ingressos (Call Center 41 3315-0808), nos quiosques Disk Ingressos dos shoppings Mueller, Palladium e Estação ou pelo sitewww.diskingressos.com.br

Informações: www.diskingressos.com.br ewww.ameparana.org

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.