Canoísta paranaense que vai aos Jogos Olímpicos utiliza técnicas do DeRose Method em seus treinamentos

Luciane Ogata e Roberto Maehler foto Naideron Jr (2)O canoísta cascavelense Roberto Maehler teve sua convocação confirmada para a equipe brasileira que vai participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A notícia chegou esta semana, com a desclassificação das equipes da Romênia e Bielorússia, por dopping, fato que abriu novas vagas para atletas no time verde-amarelo. Treinando pesado junto com a Seleção Brasileira de Canoagem, no Setor Náutico do Parque Iguaçu, Maehler introduziu em sua preparação, há sete meses, a prática do DeRose Method.
Além dele, o colega Vagner Souto também foi contemplado com as vagas recém-abertas. Eles vão integrar a equipe de K4 (com quatro atletas).
Maehler pratica o DeRose Method há sete meses, na Unidade Bom Retiro, com supervisão da diretora da escola, a instrutora Luciane Ogata.  Apesar do pouco tempo, Maehler conta que já sentiu efeitos positivos. "Há 17 anos pratico a canoagem e sempre busco novas técnicas para me aperfeiçoar de alguma forma. Desde que comecei a praticar o DeRose Method, já senti ganhos em flexibilidade e na respiração", conta.
Conforme Luciane Ogata, o foco das práticas que orienta ao atleta é alcançar a alta peformance. "Nos nossos treinamentos buscamos alguns diferenciais competitivos como técnicas de concentração e exercícios respiratórios que dão mais resistência e explosão, além de maior capacidade de gerenciamento emocional", conta. “Durante estes 7 meses de treinamentos e acompanhamentos conseguimos inserir a prática no dia-a-dia, ou seja, o Maehler se tornou autossuficiente em aplicar as técnicas e conceitos para obter seu melhor desempenho como atleta e pessoa. Gerenciar boas relações em um dos esportes mais competitivos é para poucos, e ele faz isso com maestria. Agora é foco no melhor desempenho do barco composto por 4 super atletas que estão unidos como nunca na busca de um sonho olímpico”.
Esta será a primeira Olimpíada do atleta. Ele havia tentando o índice mas por pouco não conseguiu. Agora, com a abertura de mais vagas, conquistou o tão esperado sonho de disputar os jogos. Maehler, por outro lado, tem tradição nos jogos Pan-Americanos. Conquistou três medalhas, todas na categoria K4 1000 (modalidade de velocidade praticada em embarcação para 4 atletas, em distância de mil metros). Em 2007, no Rio de Janeiro, junto com os colegas de equipe Guto Campos, Sebastian Cuattrin e Edson da Silva, conquistou nada menos que uma medalha de Ouro para o país. Nos Jogos de 2011, em Guadalajara, obteve o bronze e em 2015, no Pan sediado em Toronto, ganhou uma medalha de Prata.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu