Golfe: Juan Alvarez e Luiza Altmann vencem Brasileiro de Golfe

O uruguaio Juan Alvarez e a paulista Luiza Altmann se tornaram neste domingo campeões do 86º Campeonato Amador de Golfe do Brasil, o Brasileiro de Golfe. O evento valeu para os rankings mundial (WAGR, na sigla em inglês) e nacional e foi disputado no Clube Curitibano, em Quatro Barras (PR). A organização foi da Confederação Brasileira de Golfe (CBG).

Alvarez confirmou o favoritismo ao totalizar 276 tacadas (com parciais de 66/69/70/71). Jogador melhor ranqueado em campo – era o 16º do mundo na semana do torneio -, Alvarez, de 22 anos, é uma das maiores revelações do golfe sul-americano dos últimos tempos. No começo do ano, por exemplo, foi campeão sul-americano.

“Fiquei muito contente com o título. Já joguei cinco vezes o Amador do Brasil, mas essa foi minha primeira vitória. Sempre almejei este título”, diz ele. “Meu objetivo é chegar aos cinco primeiros do ranking mundial, e essa vitória certamente vai me ajudar a melhorar de posição”, aposta.

O vice-campeão foi o argentino Matias Lezcano, com 278 (70/72/79/66) – sua volta final de 66 tacadas foi a melhor da final. Dois competidores terminaram empatados logo atrás, com 279 tacadas – o argentino Andres Schonbaum (69/71/70/69) e o chileno Juan León (68/72/71/68). O gaúcho Herik Machado, que era vice-líder no início da quarta rodada, terminou em quinto lugar, com 281 (67/71/69/74).

A performance dos argentinos Schonbaum e Julian Fedele (empatado em 10º, com 285 tacadas) na final fez o país vencer a Taça Mario Gonzalez, disputa internacional de duplas que aconteceu em paralelo. Eles somaram 564 tacadas, contra 569 do Brasil, que liderava a competição no início da rodada final.

No feminino, Luiza venceu o torneio de ponta a ponta. Ela somou 290 tacadas (parciais de 73/71/70/76) para se tornar bicampeã brasileira – ela havia vencido a edição anterior, em Porto Alegre. A vice-campeã foi a argentina Sol Emilia Santecchia, com 295 (75/75/75/70), seguida pela carioca Clara Teixeira, com 300 (80/70/73/77), e pela paulista Lauren Nunes Grinberg, com 301 (74/73/82/72).

“Fiquei muito feliz com o título do principal torneio de meu País. Quero agora me concentrar nos treinos para as competições do segundo semestre, como o Sul-Americano por Equipes e o Mundial”, disse a campeã.

Os campeões receberam os prêmios das mãos de Paulo Cezar Pacheco, presidente da CBG. “Foi um torneio de alto nível. Os campeões estão de parabéns.”

Rolex é o relógio oficial da CBG. O 86º Campeonato Amador de Golfe do Brasil contou com apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e com recursos da Lei Agnelo Piva. A organização foi da CBG, com apoio da Federação Paranaense e Catarinense de Golfe e do Clube Curitibano.

VEJA AQUI O PLACAR ONLINE DA COMPETIÇÃO

Sobre a CBG – A Confederação Brasileira de Golfe (CBG) foi criada em 1958, com o nome ABG – Associação Brasileira de Golfe – para que o Brasil participasse do primeiro campeonato por equipes do Royal & Ancient Golf Club of Saint Andrews (R&A), uma das mais antigas e tradicionais instituições do golfe mundial.

Rebatizada em 1976, a CBG é uma associação sem fins lucrativos que tem por objetivo dirigir, propagar e desenvolver o golfe nacional, sendo também o órgão normativo e disciplinar brasileiro para o esporte reconhecido por entidades internacionais. Entre suas atribuições, estão: realizar campeonatos, torneios e competições de golfe em âmbito nacional e internacional, criar e manter o cadastro de atletas amadores (handicap system) e profissionais, incentivar e divulgar, por meio de processos educativos e de projetos como o Golfe Para a Vida, a cultura física, ética e de cidadania do esporte. A CBG é filiada ao R&A, à Federação Sul-Americana de Golfe, à International Golf Federation (IGF) e ao Comitê Olímpico do Brasil. ( fruet@albatrozcom.com.br)

287609_618037_img_0474_web_
Os campeões Alvarez e Luiza com Paulo Pacheco, presidente da CBG (Gustavo Garrett/CBG)
287609_618036_img_0428_web_
Argentinos conquistaram a Taça Mario Gonzalez (Gustavo Garrett/CBG)
287609_618009_img_0303_web_
Argentinos conquistaram a Taça Mario Gonzalez (Gustavo Garrett/CBG)
287609_618008_img_0127_web_
A campeã Luiza Altmann (Gustavo Garrett/CBG)
287609_618006_img_9879_web_
Matias Lezcano, da Argentina, foi vice-campeão (Gustavo Garrett/CBG)
287609_618007_img_0056_web_
A vice-campeã, a argentina Sol Emilia Santecchia (Gustavo Garrett/CBG)

287609_618005_img_9887_web_

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.