Grupo Karolinka, de São Mateus do Sul, apresenta espetáculo de canto e dança com atração da Polônia

Evento acontece dia 16 de julho em São Mateus do Sul e antecede outros dois momentos importantes para o Karolinka: apresentação especial para a delegação polonesa nas Olimpíadas e a participação no Festival de Joinville.

No dia 16 de julho, acontece a II Mostra de Folclore em São Mateus do Sul. Promovido pelo Grupo Folclórico Polonês Karolinka, o evento conta com um convidado internacional, o Zespół Pieśni i Tańca Ziemia Bydgoska (Grupo de Canto e Dança Terra Bydgoszcz), da cidade de Bydgoszcz, na Polônia.

Durante a mostra folclórica, o público será presenteado com uma demonstração da variedade e da vivacidade do folclore polonês, considerado um dos mais ricos do mundo, por meio da dança e de tradicionais canções apresentadas pelo coral, ou chór em polonês, Karolinka e do Ziemia Bydgoska, que se apresentam juntos.

Integrar as vozes de um coral tradicional é um desafio a mais para a maestrina Regina Trinco. “O nosso coral é relativamente novo, a maioria dos integrantes entrou na equipe há somente dois anos. Agora, precisamos nos preparar para cantar com vozes muito mais experientes”, comenta Regina. “A expectativa é grande, mas queremos fazer o mais bonito possível!”, complementa.

O evento é também uma experiência importante para os dançarinos que vão dividir o palco e os bastidores com o grupo convidado. “Nas danças, nós interpretamos poloneses, então será muito interessante para o Karolinka aprender um pouco sobre como os polacos realmente são em cena”, destaca Rafael Guimarães Lima, coreógrafo do Karolinka.

Este momento vai proporcionar lembranças marcantes para toda a equipe envolvida e também para a comunidade de São Mateus do Sul e região.  “É o maior contato que o Karolinka já teve com outro da Polônia. Além do mais, nossa cidade merece um espetáculo deste porte”, destaca Iris Janoski, coordenadora do projeto Tradição em Movimento, realizado pelo Karolinka, com patrocínio da Petrobras e Governo Federal. Por meio deste patrocínio, a instituição conseguiu ampliar suas atividades para além da dança, dando início ao coral e às aulas de língua polonesa.

A expectativa é receber mais de mil pessoas para este espetáculo. Os ingressos custam R$ 10 (crianças até 3 anos não pagam) e podem ser adquiridos com integrantes do grupo ou na Loja São Mateus. Não serão vendidas comidas e bebidas no local.

A vinda da comitiva – composta de coral, orquestra e grupo de dança – a São Mateus do Sul faz parte de uma turnê pelo Brasil possibilitada por um projeto apoiado pelo senado de cooperação com a comunidade polonesa e poloneses intitulado “Kto ty Jesteś? Polak Mały” (Quem é você? Pequeno Polaco).

Participação especial nas Olimpíadas e mostra competitiva de Joinville

Além de proporcionar um importante intercâmbio cultural, a Mostra de Folclore tem o objetivo de arrecadar verba para viabilizar o alcance de mais um feito marcante para a história deste grupo.
O Karolinka recebeu o convite do Consulado Geral da República da Polônia para fazer uma apresentação para a comitiva polonesa que estará participando dos Jogos Olímpicos Rio 2016 no Brasil.

Programada para o dia 20 de agosto, no Rio de Janeiro, esta apresentação também possibilita demonstrar como a cultura polonesa é preservada em terras brasileiras, por meio do canto e da dança. O dinheiro arrecadado durante o festival será usado para custear as despesas com alimentação e hospedagem do grupo.

Antes da excursão olímpica, outro evento importante aguarda os dançarinos do grupo. No dia 23 de julho, o grupo retorna ao palco principal do Festival Internacional de Joinville, onde volta a competir na categoria Danças Populares.

A coreografia escolhida para o festival foi Krakowiak, a mesma apresentada por outra geração do grupo em 2004, quando o Karolinka conquistou o quarto lugar. A última participação do grupo no festival tinha sido em 2011, quando trouxe o troféu de vice-campeão com a coreografia Kujawiak z Oberkiem.

No ano que antecede as comemorações de seus 25 anos de existência, o Karolinka encontra-se hoje no auge de sua trajetória. Em maio deste ano, ocorreu também o lançamento do livro “Os Caminhos da Tradição”, que resgata as memórias desde quando o grupo folclórico era apenas um desejo.

O atual coordenador e ex-presidente do Karolinka, Irio Janoski, destaca o crescimento do grupo, que nos últimos anos conseguiu ampliar suas atividades por meio de projetos para captação de recursos. Os segredos para o sucesso estão na ponta da língua: “Trabalho e persistência“.

Leonardo Staniszewski, uma das vozes do Karolinka, comenta o desenvolvimento do coral. “Foi um trabalho que cresceu passo a passo. Agora temos a oportunidade de compartilhar, por meio do folclore, nossa admiração pela Polônia”.

“Acho que todos os integrantes estão muito ansiosos e felizes em poder receber em nossa cidade um grupo da Polônia e ainda poder dividir o palco com eles, algo inédito em São Mateus do Sul”, complementa a dançarina Nataly Kowalski. (contato@levante.fot.br)

polo polo2

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.