Idosos cada vez mais tecnológicos

Era digital aproxima terceira idade dos benefícios da tecnologia

Hoje, dia 26 de julho, é comemorado o Dia dos Avós e, apesar da idade para terem netos, eles estão cada vez mais antenados nas novidades do setor tecnológico. Em 2050, a população idosa Brasil deverá triplicar, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A parcela da população com mais de 60 anos está transformando seu comportamento, inserindo-se na era digital rapidamente. Nas lojas do segmento, é possível identificar o interesse crescente deste público pelas novidades da tecnologia e as facilidades que oferecem.

Luiz Fernando Mello, gestor do quiosque Joy do Catuaí Shopping Londrina, afirma que atualmente, 25% de seus clientes são idosos. “Hoje é improvável encontrar um idoso que não utilize computador ou smartphone. Estão integrados à esta nova era”, afirma Luiz Fernando. O lojista acredita que o uso de aparelhos tecnológicos melhora a qualidade de vida de seus clientes, pois facilita o contato com outras pessoas, permitindo uma  vida social  mais  intensa.

Entre os produtos mais procurados no quisoque pelos consumidores da chamada terceira idade estão as películas de vidro para a proteção de smartphones e aparelhos de som com bluetooth.

Os mais velhos também marcam presença na loja Nick do Catuaí, que trabalha com produtos tecnológicos destinados ao público teen e infantil. A proprietária Miriam Sanches afirma que é constante a presença de idosos na loja, principalmente acompanhando os netos durante as compras. “Os avós adoram e se encantam com as novidades repletas de tecnologias, e incentivam seus netos a se divertirem, sempre com muita segurança e cuidado”, afirma a lojista.

Na Mistertech os aparelhos mais vendidos para essa faixa etária são os celulares, tablets e notebooks. Há clientes da terceira idade que buscam dicas com os vendedores, outros preferem levar algum familiar para acompanhar a compra. De acordo com Patrícia Salviano, gerente da loja, o mercado está bastante democrático, tornando os aparelhos tecnológicos cada vez mais acessíveis, uma vez que os eletrônicos atualmente podem ser operados intuitivamente.

Alguns fatores vêm influenciando o aumento do público da “melhor idade”, como o entorno familiar e social que adere a estas tecnologias, demonstrando na prática as facilidades que trazem para o dia a dia, bem como o fato de poder estar conectado a qualquer hora e em qualquer lugar. “Os equipamentos, uma vez que facilitam a conectividade social, também são fatores de motivação para novos interesses e mais independência”, afirma Patrícia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.