Maternidade Victor Ferreira do Amaral recebe 13 equipamentos novos

Três cardiotocógrafos, oito detectores fetais e dois oxímetros. Estes novos materiais foram doados à Maternidade Victor Ferreira do Amaral (MVFA) para auxiliar o trabalho dos funcionários e o atendimento para as futuras mães. Juntas, as 13 máquinas custam, aproximadamente, R$ 65 mil.

Para Sezifredo Paz, diretor da Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (SESA) – a qual doou os detectores, oxímetros e um cardiotocógrafo -, a ajuda possibilita melhores condições de atender a população, objetivo do Complexo Hospital de Clínicas da UFPR (Hospital de Clínicas e MVFA).

“Estamos colaborando para uma melhor estruturação da Maternidade que faz um número significativo de partos*, além de estar integrada aos projetos Mãe Paranaense e HospSUS”, afirma.  * Em 2015, foram realizados 2.664 partos na MVFA, incluindo todas as modalidades.

Primeira vez

Desde a assinatura do contrato de co-gestão da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), em outubro de 2014, os Amigos do HC ainda não tinham contribuído com a Maternidade. De uma vez, deram dois cardiotocógrafos.

“A partir dessa oportunidade, também cuidaremos da Maternidade. Com as doações, é possível monitorar a gestante e, caso algo errado apareça, a criança não vai sofrer. Quem não possui tantos recursos materiais pode se beneficiar com aparelhos modernos e atuais”, declara Maria Elisa Paciornik, diretora-superintendente dos Amigos do HC.

Flávio Tomasich, superintendente do Complexo Hospital de Clínicas, acredita que os atendimentos vão aumentar em cerca de 25%. “Os equipamentos vão entrar em uso amanhã*, pois são importantes para o uso diário. Isso faz com que a maternidade se prepare para aumentar e melhorar o atendimento à comunidade”, ressalta.  * Sábado 09/07.

Paralelo a isso, duas enfermarias, de quatro leitos cada, tiveram readequações físicas, como uma nova pintura.

Funções

Segundo Marcos Takimura, chefe da Divisão Médica da MVFA, as novas ferramentas têm as seguintes utilidades:

Oxímetro – mede o nível de oxigênio no sangue, tanto de gestantes quanto de recém-nascidos. Possui múltipla função que serviria para centros obstétricos e enfermarias.

Cardiotocógrafo - monitoriza a vitalidade do feto. Serve para identificar o risco de morte.

Detector fetal – aponta a frequência cardíaca do feto. É mais simples e para uso corriqueiro.

<assmkthc@gmail.com>

2_3 3.1 5_7

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Talvez você se interesse por estes artigos

Considerados como membros da família, os pets têm ocupado um espaço cada vez maior nas casas, com mais proximidade e compartilhamento de tempo. A mudança...
Fechar Menu