Shopping Total implementa sistema que reaproveita quase 100% dos resíduos

ShoppingTotal2

Tanto o reciclável quanto os diferentes tipos de orgânicos já estão sendo reaproveitados, transformados em ração animal e substrato para o solo.

A produção de lixo no Brasil vem atingindo níveis alarmantes: cresceu 29% entre 2003 e 2014, totalizando 78,6 milhões de toneladas de resíduos sólidos gerados no país – isso só em 2014, de acordo com dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe).

Tão preocupante quanto este número é a forma majoritariamente inadequada de destinação do lixo. Deste total, 41,6% tiveram como destino lixões e aterros controlados, que em geral não processam o lixo adequadamente, gerando ambientes perigosos e altamente poluentes.

A mesma pesquisa da Abrelpe informa que cada pessoa produz a inacreditável média de 1,062 kg de lixo por dia. Esses índices são sem dúvida afetados pelo lixo gerado por empresas e instituições, que têm um papel fundamental também na redução da produção de resíduos e na conscientização para a redução do descarte.

Por isso, a preocupação com a separação e descarte adequado do lixo precisa passar a fazer parte da rotina dos brasileiros no âmbito residencial, mas mais do que isso, precisa passar a fazer parte da rotina comercial e empresarial. Com esta preocupação em mente, o Shopping Total acaba de implementar um novo sistema que reaproveita quase na totalidade o lixo produzido pelo consumo e manutenção do empreendimento, desde os materiais recicláveis até os mais diferentes níveis de resíduo orgânico.

O Shopping Total agora conta com os serviços da empresa Abdalla Ambiental, que aprimorou formas anteriores e desenvolveu um método de reciclagem que inclui até mesmo os resíduos orgânicos. “Todo o lixo é recolhido e separado logo em seguida, para evitar qualquer tipo de contaminação”, explica o sócio-proprietário da Abdalla Ambiental, Marco Antonio Zanini, que complementa: “além de ser um processo responsável de destinação adequada, também estamos gerando renda, empregos e impostos com o que antes iria para o aterro sanitário”.

Diferente do que muitas pessoas imaginam, o lixo não é separado apenas em orgânico e reciclável. Além dessa divisão, o mesmo passa por outras subseparações que permitem que cada tipo tenha o destino adequado. Atualmente, resíduos sólidos como plásticos, alumínios e outros similares – o chamado “lixo que não é lixo” –, considerados mais valiosos, passam por um processo de lavagem e reciclagem.

Mas mesmo categorias como papel toalha, guardanapos provenientes da praça de alimentação, rótulos e embalagens como a do óleo de cozinha, tudo isso já é passível de reaproveitamento por sistemas próprios. Até mesmo o lixo orgânico é reciclável neste sistema implantado pelo Shopping Total

 

O que é a reciclagem de resíduos orgânicos?

Os resíduos orgânicos também passam por uma segunda separação. Mais do que transformar orgânico em adubo, é possível dar diferentes destinações para este tipo de resíduo. No novo processo implementado pelo Shopping Total, apenas o lixo sanitário se transforma em substrato orgânico para correção do solo, por meio do processo de compostagem mecanizada com serragem.

Os restos de alimentos são encaminhados para a sede da Abdalla Ambiental, onde se transforma em ração animal por meio de um processo que segue as diretrizes da normativa nº6 do Ministério da Agricultura. “Para ser transformado em ração animal, o resíduo orgânico restante dos alimentos descartados é triturado com agitação contínua e aquecido a 90º, resultando em uma ração que atualmente é direcionada para alimentação de suínos”, explica.

Inovador, esse sistema é recente e inspirado em um projeto desenvolvido na Holanda, com o objetivo de contribuir com o excesso de desperdício e de reduzir a lotação dos lixões, que a cada ano vêm ultrapassando sua capacidade. Por meio dele, apenas 0,5% dos resíduos produzidos são direcionados para os aterros – apenas aquele lixo que não pode ser incluído nem na reciclagem orgânica, nem na de lixo sólido, como é o caso de esponjas de cozinha, sachês de maionese e outros condimentos, por exemplo. Os outros 99,5% se transformam em uma verdadeira indústria do descarte, com geração de renda e empregos, além da destinação orgânica que resulta em ração animal e substrato para o solo.

Para saber mais sobre esta e outras iniciativas do Shopping Total, basta acessar www.shoppingtotalctba.com.br.

 

Serviço:

Shopping Total

Rua Itacolomi, 292 – Curitiba – PR

Telefone: (41) 3025-7000

http://shoppingtotalcuritiba.com.br/

www.facebook.com/shoppingtotalctba

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.