“Macumba: Uma gira sobre Poder” encerra temporada  na 13 de Maio

A Sociedade 13 de maio abriga nesta semana as últimas apresentações da primeira temporada da peça “Macumba: Uma Gira Sobre Poder”, com a qual a Companhia Transitória conquistou a Bolsa Funarte de Fomento aos Artistas e Produtores Negros de 2014. Com sessões às terças, quartas e quintas-feiras, às 20h, os ingressos antecipados podem ser adquiridos pelo site http://www.sympla.com.br/Macumba

Trata-se de um projeto multiáreas, que combina a pesquisa e o texto teatral à música e artes visuais e tem como proposta resgatar, fortalecer e disseminar a ancestralidade e a ritualidade africanas. A Transitória conta nesta empreitada com a parceria do Núcleo Afro Brasileiro de Teatro de Alagoinhas, o NATA, que ‘emprestou’ sua fundadora, a diretora, dramaturga, educadora e pesquisadora da cultura africana no Brasil, Fernanda Julia, que assina a dramaturgia e a direção do espetáculo.

 “Percebi a possibilidade de ampliar as discussões acerca da ancestralidade negra e do Candomblé como ponto de partida para a formação e a criação cênica”, pondera a diretora, que traz no currículo trabalhos com Lazaro Ramos e Greice Passô.

É um espetáculo de desafios, diz Clarissa Oliveira, diretora de produção da Transitória e do projeto, no qual toca vários dos instrumentos da trilha sonora ao vivo.  “Todos fomos afetados, influenciados, mexidos com o que veio à tona. A ancestralidade latente, o retorno às raízes, fortalecimento de nossas fés”, assegura ela. “Tocar nesse espetáculo é como tocar aos orixás. É celebrar a vida e estar a serviço da ancestralidade”, finaliza ela.

Serviço:

O que: Macumba: Uma Gira Sobre Poder.

Quando: Até 4/8. Terças, quartas e quintas-feiras, às 20h.

Onde: Sociedade Treze de Maio ( R. Clotário Portugal, 274)

Quanto: R$ 20 e R$10.

Ingressos antecipados: http://www.sympla.com.br/Macumba

Informações: projetomacumbactba@gmail.com ou pelo whatsapp: 41 98259022.Macumba_foto Miriane Figueira_bx

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.