Projeto 2 x Erico: Literatura Gaúcha em Cena chega a Curitiba

Incidente1 Fernanda Souza_bxOSobrado_foto SoniaGodinho_bx

O Grupo Cerco, de Porto Alegre/RS, segue com o projeto 2 x Erico em turnê nacional com os espetáculos O Sobrado e Incidente em Antares, ambos adaptações de romances de Erico Verissimo. O projeto conquistou o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2014 e a encerra a temporada de  circulação em Curitiba com apresentações no Teatro Regina Vogue, nos dias 01 (O Sobrado) e 02 de agosto (Incidente em Antares), sempre às 20 horas e com ingressos a preços populares (R$ 20,00 e R$ 10,00). Além das apresentações serão realizadas na Casa Hoffmann, nos dias 01 e 02 de agosto, das 14h às 18h, oficinas de teatro gratuitas, ministradas pela diretora dos espetáculos Inês Marocco e destinadas a atores e estudantes de teatro.

O Sobrado, com direção de Inês Marocco é uma adaptação cênica de sete capítulos da obra literária O Continente, que integra a trilogia O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo. A ação se passa em 1895, quando o chefe político republicano Licurgo Cambará se encontra sitiado em sua casa, junto à sua família e correligionários, sob o cerco de tropas federalistas. Fechados no sobrado durante dez dias, com pouca comida, água e munição, os personagens da trama relacionam-se em um meio conturbado e agonizante, enquanto a morte se faz presente dentro e fora da casa. Permeia essa obra-prima da literatura brasileira o patriarcalismo, o belicismo, a relação com a terra e a presença forte e constante das mulheres, apresentando uma história permeada pela cultura regional, fazendo o espectador vislumbrar a formação da sociedade gaúcha, que se mostra extremamente universal por tratar de temas profundamente humanos.

https://www.youtube.com/watch?v=VtZWwfZ8iqw

Incidente em Antares, também dirigido por Inês Marocco é uma adaptação da segunda parte do romance homônimo de Erico Verissimo. A história situa-se no contexto pré-ditadura militar do Brasil, retratada numa cidade fictícia do interior do Rio Grande do Sul chamada Antares. O espetáculo inicia-se em 1963, quando uma greve geral paralisa a cidade. Dois dias depois, em uma sexta-feira 13, sete pessoas morrem por diferentes causas e não são sepultadas, pois os coveiros aderiram à greve. Indignados, os defuntos levantam-se de seus esquifes e reclamam por seu enterro, invadindo a cidade com seus corpos putrefatos. Vivos e mortos passam a discutir em praça pública a vida social e política de Antares, desvelando a podridão e a hipocrisia das autoridades e dos habitantes locais. Revelações que poderiam transformar a sociedade e seus indivíduos, mas que, ao final, sucumbem à força da alienação e dos interesses políticos de uma minoria.

https://www.youtube.com/watch?v=SUfU6zPNZqk

O Grupo Cerco, fundado em 2008, é composto por 15 artistas, ex-alunos do curso de teatro do Departamento de Arte Dramática da UFRGS e tem a direção artística da Profa. Dra. Inês Marocco. Atuante na cidade de Porto Alegre é um dos principais grupos da cena teatral gaúcha. O processo colaborativo e a pesquisa de linguagem são as principais marcas do grupo. Em sua trajetória, o grupo realizou diversas turnês e temporadas com seus espetáculos: O Sobrado (2008), Incidente em Antares (2012) e Puli-Pulá (2015). Todas as montagens conquistaram importantes prêmios, além de participações em diversos projetos e festivais do Brasil. Recentemente, o grupo realizou sua primeira turnê internacional, apresentando o espetáculo O Sobrado e Puli-Pulá na Europa, em dois festivais acadêmicos em Portugal.

O Sobrado foi eleito o vencedor do 4º Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular e Júri Oficial, Prêmio Açorianos de Teatro 2009 de Melhor Direção, Melhor Ator Coadjuvante (Luís Franke) e Melhor Dramaturgia e Troféu RBS Cultura de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular, alcançando um público de mais de 15 mil espectadores em suas 100 apresentações.

Incidente em Antares venceu o 7º Prêmio Braskem em Cena nas categorias Melhor Direção, Melhor Atriz (Martina Frölich) e Melhor Espetáculo pelo Júri Popular e Prêmio Açorianos de Teatro 2012 na categoria Melhor Trilha Sonora, alcançando um público de mais de 6 mil espectadores.

Em 2015, o grupo estreou seu primeiro espetáculo de rua infanto-juvenil Puli-Pulá, com montagem financiada pelo prêmio Funarte Artes na Rua. O espetáculo recebeu seis indicações ao prêmio Tibicuera de teatro, sendo agraciado nas categorias Melhor Espetáculo pelo Júri Popular, Melhor Dramaturgia, Melhor atriz e melhor ator.

grupocerco.wordpress.com // facebook.com/GrupoCerco

 

SERVIÇO

2 x Erico: Literatura Gaúcha em Cena – Etapa Curitiba

Apresentações

01 de agosto, 20h – O Sobrado

02 de agosto, 20h – Incidente em Antares

Onde: Teatro Regina Vogue – Shopping Estação – Av. Sete de Setembro, 27775 – Rebouças – (41) 2101-8292 / (41) 2101-8293.

Quanto: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (estudantes e idosos)

Antecipados: pelo site www.reginavogue.com.br ou pelo callcenter 4003.1212

https://www.ingressorapido.com.br/compras/?id=51100#!/tickets

https://www.ingressorapido.com.br/compras/?id=51103#!/tickets

Oficinas gratuitas

Público-alvo: atores e estudantes de teatro

Limite de vagas: 30 alunos

 

01 de agosto, das 14h às 18h: Jogo de Máscaras

02 de agosto, das 14h às 18h: Estilo Teatral de História em Quadrinhos

Ministrante: Inês Marocco

Onde: Casa Hoffmann – Rua Dr. Claudino dos Santos, 58 – Largo da Ordem

Quanto: entrada franca

Inscrições: (41) 9800.5182 / pridemorais@gmail.com

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.