Segurança particular é contratada para evitar assaltos a micro-ônibus no Rio de Janeiro

O grande número de assaltos a mão armada em micro-ônibus de transporte executivo no Rio de Janeiro fez com que as cooperativas e alguns executivos contratassem sistemas de segurança particular.

Os micro-ônibus, que circulam nas Zonas Norte e Leste da cidade, chegaram a registrar de seis a sete assaltos por dia e por contam disso passaram a contar com seguranças em grande parte armados que andam à paisana entre os passageiros. Quando suspeitam de algum indivíduo esses seguranças entram em ação.

Outra forma de monitoramento é através de um sistema de rastreamento de GPS, e assim que o motorista ou algum passageiro se sente ameaçado, aciona a segurança que entra no veículo. As principais características que causam desconfiança é a pessoa ser jovem, estar com mochila e usando boné e aparentar estar nervoso.

Quando a segurança é acionada, todos os passageiros são revistados e caso o suspeito seja identificado é imediatamente entregue à policia. Os motoristas informaram que os seguranças ficam em pontos estratégicos como algumas avenidas movimentadas e conjuntos conhecidos.

Muitos passageiros acham desconfortável todos do micro-ônibus serem revistados pois isso gera um certo constrangimento, mas essa tem sido uma das formas mais eficazes de combater esse tipo de violência.

Outra orientação dada pelos administradores de cooperativas é parar o veículo e fazer com que todos os passageiros desçam caso haja alguma suspeita. Os motoristas que já foram assaltados geralmente ficam bastante traumatizados com a situação.

A Embrasil é uma empresa de segurança particular que atua em 4 estados brasileiros: Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo. Para saber mais sobre acesse: http://www.embrasilseguranca.com.br/home/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.