Conheça a curiosa doença de Lúpus e como tratar

O assunto dessa semana é a pausa que Selena Gomez anunciou em sua carreira para cuidar da saúde. Recentemente, a cantora contou ter lupus, uma doença grave, que é predominante no sexo feminino – para cada homem com lúpus, existem nove mulheres com a doença.

Mas você sabe o que é lupus? O lupus é uma enfermidade com sintomas silenciosos, ela pode ser facilmente confundida como outra doença. Provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico, ela é rara e autoimune.

Veja abaixo o que o Consulta do Bem separou para você mais sobre essa doença, causas, sintomas e tratamentos.

Saiba o que é lúpus

O lúpus é uma doença crônica inflamatória, em que o sistema imunológico (responsável pela produção de anticorpos) ataca o próprio organismo.

Existem dois tipos principais de lúpus: o cutâneo (discoide), que se manifesta com manchas avermelhadas ou eritematosas na pele; e o sistêmico, que atinge e acomete um ou mais órgãos internos.

Quando a defesa imunológica se vira contra os próprios tecidos do organismo, ele ataca fígado, pulmões, rins, cérebro e coração. Essas formas de manifestação podem confundir e atrasar o diagnóstico, por isso ela é conhecida também como “doença silenciosa”.

Entenda as causas do lúpus

O lúpus não pode ser contraído de outra pessoa e sua causa ainda é desconhecida. Estudos indicam que mais de um fator pode estar envolvido, e há suspeitas de que o desencadeamento da doença pode ser feito por distúrbios hormonais, por problemas com o sistema imunológico ou mesmo fatores relacionados ao meio ambiente. A exposição solar parece ter envolvimento crucial com a doença, também no desencadear de sintomas agudos.

Conheça os sintomas e sinais da doença

Os sintomas podem se manifestar de forma isolada ou não. Os doentes apresentam uma variedade de manifestações clínicas, podendo diferir de uns para outros. Em 90% dos casos, as manifestações cutâneas e articulares estão presentes. Manifestações de maior gravidade também podem ser apresentadas, envolvendo os rins ou alterações neuropsiquiátricas. Dentre os sintomas mais comuns, estão:

  • Trombose pulmonar e arterial
  • Secura ocular
  • Anemia
  • Dor ou inflamação nas articulações
  • Defeito cognitivo, delírio, convulsões e dor de cabeça
  • Inflamação ou lesão das válvulas cardíacas
  • Inflamação da pleura e pneumonite, hipertensão pulmonar e hemorragia alveolar
  • Alteração do trânsito intestinal e queixas de desconforto digestivo (causadas por medicamentos)
  • Fadiga, cansaço, febre
  • Aumento de queda de cabelo, lesões cutâneas, úlceras dolorosas nasais e orais, sensibilidade ao sol
  • Envolvimento renal que se manifesta por hipertensão arterial

Veja como é feito o diagnóstico

O diagnóstico pode ser difícil, e é feito com base na opinião de um clínico experiente que tem a capacidade de reconhecer o conjunto de sinais característicos da doença. O diagnóstico correto é feito a partir de histórico familiar e médico, exame físico completo, testes de sangue e urina, e biópsia.

Saiba tratar a doença

O tratamento é minucioso e complexo, e vai depender das manifestações clínicas de cada paciente. O objetivo principal é o controle da atividade da doença e a terapia de manutenção, destinada a manter a remissão.

Evitar a exposição ao sol é crucial para que o tratamento obtenha sucesso. A prática de exercícios físicos, boa alimentação e não consumo de álcool e cigarro também contam como parte da terapia. As medicações mais utilizadas nesse processo são os anti-inflamatórios (redução das dores), os corticoides  (com capacidade também anti-inflamatória) e os medicamentos biotecnológicos que modulam a resposta imune.

A doença tem consequências?

O lúpus não é uma doença contagiosa e não pode ser transmitido de uma pessoa para outra. Também não é hereditário, ou seja, não pode ser transmitido de pais para filhos. Alguns fatores genéticos podem conferir predisposição para o desenvolvimento da doença, mas nada foi ainda completamente comprovado.

A doença é crônica, com períodos de estabilidade (quando se encontra inativa) e instabilidade (quando retorna ao organismo). A qualidade de vida do paciente depende do tipo e da gravidade da doença, sendo o acompanhamento médico de um clínico geral ou reumatologista de extrema importância.

Sobre a Consulta do Bem

Consulta do Bem é uma startup de tecnologia que desenvolveu uma plataforma digital com a missão de melhorar o acesso à saúde de qualidade. Através do site www.consultadobem.com.br e do aplicativo disponível para Android e iOS, é possível marcar consultas selecionando especialidade, endereço e preço. Tudo com até uma hora de antecedência.

A Empresa, que surgiu em 2015 criada por médicos e empreendedores, já está presente em várias cidades do Estado de São Paulo e tem planos de expansão para todo o país.

Os profissionais de saúde disponíveis no Consulta do Bem são regulados por conselhos como o de psicologia, fisioterapia, medicina, acupuntura, fonoaudiologia e nutrição.

unnamed

natalia.diogo@nr-7comunicacao.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.