Pianista Kun Woo Paik faz apresentações em Brasília e Curitiba

A Embaixada da República da Coreia traz, para o Brasil, o pianista Kun Woo Paik, para duas apresentações no país – uma em Curitiba, no dia 9 de outubro, e a outra em Brasília, no dia 11. Essa é a primeira vez que o pianista, famoso em todo o mundo, se apresenta no Brasil.

Na capital federal, Kun Woo Paik tocará os concertos de Maurice Ravel em Sol maior e L.v.Beethoven no.3 Op.37, acompanhado pela Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro sob a regência do Maestro Claudio Cohen. A apresentação, que será realizada no Teatro Pedro Calmon, às 19h30, marca as comemorações da Data Nacional da República da Coreia.

Em Curitiba, o recital será realizado na Capela Santa Maria, às 18h30, para convidados – mas haverá convites disponíveis para o público. O artista tocará J.S Bach (French Suite nr. 5 em G Major), J. Brahms (Haendel – Variações), M. Ravel (Valsas Nobras e Sentimentais) e F. Liszt (Fantasia e Fuga).

Kun Woo Paik

Nascido em Seul, Kun Woo Paik é muito admirado por sua forma apaixonada e virtuosa de tocar. O primeiro concerto dele foi aos 10 anos. Aos 15, ele se mudou para Nova York para estudar música. É vencedor do prêmio de Naumburg e medalha de ouro em concursos internacionais de piano.

Em 1974, Paik fez sua estreia na Europa com três recitais consecutivos no Wigmore Hall, em Londres, seguido em 1975 por um recital na Filarmonie de Berlim. Desde então tem colaborado com maestros famosos como Lorin Maazel, Mariss Jansons, Yu Long, Sir. Neville Marriner, Wolfgang Sawallisch, entre outros, além de ter executado performances com orquestras tais como a Filarmónica de Nova York, Filarmônica de São Petersburgo, Sinfónica de Londres, Orquestra de Paris, Berlim, entre outras.

As inúmeras gravações de Kun Woo Paik incluem Scriabin, Liszt, obras completas para piano solo por Mussorgsky, concertos completos de piano de Rachmaninov e Rapsódia sobre um tema de Paganini (sob Vladimir Fedoseyev para BMG). Sua gravação de piano de Prokofiev recebeu o prêmio Diapason d’Or do ano e, também, Nouvelle Académie du Disque na França.

Para comemorar o ano de J.S. Bach, em 2000, ele gravou transcrições de Busoni dos trabalhos de órgão de Bach seguido por um álbum de obras para piano de Fauré, que ganhou os principais prêmios da França. Ele lançou recentemente a obra completa para piano e orquestra de Chopin com Antoni Wit e a Filarmônica de Varsóvia.

Kun Woo Paik já gravou todas as 32 sonatas de Beethoven para Decca. Atualmente, o pianista vive em Paris, na França, e é diretor artístico do Festival Internacional de Música de Dinard e, no ano 2000, recebeu do governo francês o título de “Chevalier de L’Ordre des Arts et des Lettres”.

Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro.

Fundada em março de 1979 pelo Maestro e compositor Cláudio Santoro, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro é uma das principais instituições do gênero no Brasil. Em sua trajetória de 35 anos de existência, a OSTNCS realizou milhares de concertos, temporadas de ópera e ballet, acompanhou importantes artistas nacionais e internacionais, realizou gravações, turnês nacionais e internacionais.

Entre os maestros destacam-se as atuações de Cláudio Santoro, Emilio De César, Silvio Barbato, Elena Herrera, Ira Levin, Yalchin Adigezalov, Julio Medaglia, Guerra Peixe, Francisco Mignone, Camargo Guarnieri, Sergio Magnani, Henrique Morelembaum, Emmanuel Villaume, Cesário Costa, Kalman Berkes, Daniel Lipton, Joao Carlos Martins, Isaac Karabitchewsky, John Neschling, Eleazar de Carvalho, Roberto Montenegro, Antonello Allemandi, Francesco La Vecchia, Eugene Kohn, Christian Lindberg, Werner Erhardt, Tomomi Nishimoto, Jesus Medina, Alvaro Manzano e o atual maestro titular Claudio Cohen.

Como solistas convidados, destaque para Nelson Freire, Jean Pierre Rampal, Arnaldo Cohen, Ilya Gringolts, Aprille Millo, Rosana Lamosa, Fernando Portari, Claudia Riccitelli, Martin Muhele, Luisa Francesconi, Celine Imbert, Yara Bernetti, Shlomo Mintz, Antonio Menezes, Nicolas Koeckert, Duo Assad, Emmanuel Barrueco, Artur Moreira Lima, Leo Gandelmann, Trio Smetana, Vedrana Simic, Sebastian Manz, Herbert Schuch, Boris Giltburg, Julian Steackel, Abel Pereira, Alison Balsom, Aimam Mussakhajaieva entre outros.

Grandes instituições também participaram dos eventos da OSTNCS, Ballet Bolshoi, Ballet Kirov e Ballet da Opera de Paris. Artistas populares foram convidados das temporadas da orquestra, como Martinho da Villa, Zizi Possi, Tom Jobim, Wagner Tiso, Ivan Lins, Fagner, Fafa de Belem, Sandra de Sá, Bibi Ferreira, Francis Hime, Sergio Ricardo, Toninho Ferragutti, Ed Motta, Spok Frevo, Plebe Rude, Paulinho da Viola, Toquinho e Hamilton de Holanda.

A OSTNCS realizou concertos em diversas cidades brasileiras e também na Italia, Portugal, Cuba, Coreia e no Brasil na Sala São Paulo, Festival de Campos do Jordão, Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Teatro Amazonas, Palácio da Artes em Belo Horizonte entre outros. Gravou diversos discos com repertorio de musica brasileira tendo destaque especial para os títulos “Sinfonias dos 500 anos” e “Clássicos do Samba”.

Dirigida atualmente pelo Maestro Cláudio Cohen, a OSTNCS tem em sua linha de atuação os Concertos Sociais, Educacionais, Festival de Ópera, Seminário Internacional de Dança, Concertos da Temporada Oficial, Concertos das Nações em parceria com as Embaixadas, Concertos Pop, Concertos nas Cidades e ao ar livre, Série Concertos nos Parques, em uma ampla atuação nos diversos segmentos da sociedade tais como Hospitais do Câncer, Rede Sarah e Hemocentro.

 

Serviço:

Em Curitiba (PR)

Data: Domingo, 9 de outubro

Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural

Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro

Hora: 18h30

Informações sobre ingressos no site http://bit.ly/embcoreia

Contato:  (41) 3321-2840

 

Em Brasília (DF)

Data: Terça-feira, 11 de outubro

Local: Teatro Pedro Calmon

Endereço: Av. Duque de Caxias, Quartel General do Exército – Setor Militar Urbano

Hora: 19h30

Informações sobre ingressos no site http://bit.ly/embcoreia

Contato: (61) 3421-0847.

unnamed unnamed-1

<coreiabrasil@gmail.com>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.