Ronco x apneia: qual a relação entre esses dois problemas?

Você ronca? Essa é uma pergunta que dificilmente teremos a resposta sozinhos: se dissermos que sim, é porque certamente alguém já nos deu essa degradável notícia. Ao dormir, os músculos do pescoço relaxam e a via respiratória superior se fecha parcialmente, dificultando a passagem do ar para os pulmões. Esse estreitamento das vias respiratórias provoca uma vibração na garganta, que gera o ruído do ronco.

Segundo o otorrinolaringologista Diego Malucelli, da Otorrinos Curitiba, o ronco afeta sobretudo os homens acima dos 35 anos e as mulheres na menopausa, e os maus hábitos de vida são os principais fatores para que ele se manifeste. “O fumo, a ingestão de bebidas alcóolicas e o excesso de comida, principalmente à noite, contribuem muito para esse problema”, alerta.

As principais causas para esse ruído que incomoda muita gente são o desvio de septo, amígdalas e adenoides hiperatrofiadas, obstruções nasais e até mesmo uma simples rinite, mas o especialista ressalta: “a obesidade é uma das mais importantes causas de ronco”.

 

Apneia x Ronco

O otorrinolaringologista explicou, ainda, qual a relação existente entre o ronco e a apneia do sono. “Nem todas as pessoas que roncam têm apneia. O ronco pode ser apenas um dos sintomas da apneia, que é a obstrução parcial ou total das vias enquanto o paciente dorme”.

De acordo com o doutor Diego, a apneia pode provocar graves consequências para a saúde do paciente. “O ronco pode, muitas vezes, ser um problema maior para quem o escuta. No caso da apneia estamos nos referindo a uma doença mais grave com várias consequências, desde a irritabilidade, a depressão, a sonolência diurna, a dificuldade de concentração, a dor de cabeça crônica, a impotência sexual, até aquelas mais graves, como o aumento do risco de hipertensão, derrame (AVC) e diabetes”, acrescentou.

 

Como identificar a apneia?

Para identificar a apneia é feita a polissonografia, exame que identifica os distúrbios do sono e que é realizado na Otorrinos Curitiba. Há vários tratamentos para a apneia, desde a mudança nos hábitos de vida, como parar de fumar e o início da prática de atividades físicas, o uso de medicamentos e até a utilização do CPAP, aparelho que previne a obstrução da garganta durante o sono, ajudando o paciente a dormir melhor.

Quanto mais cedo for tratado o problema, mais qualidade de vida o paciente terá. “A apneia do sono aumenta a probabilidade de o paciente desenvolver patologias potencialmente letais, então podemos classificá-la como um problema médico grave, que pode contribuir para certos transtornos que podem colocar a vida do paciente em perigo. Por isso é importante o tratamento o quanto antes, pois uma boa noite de sono ajuda a diminuir o estresse, melhora o humor e o raciocínio”, finalizou o especialista.

 

Sobre Diego Malucelli

Diego Malucelli é médico otorrinolaringologista, especialista pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (SBORL) e Mestre em Distúrbios da Comunicação pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP). Possui MBA em Gestão de Negócios em Saúde pela Universidade Gama Filho e é especialista no tratamento de halitose. É professor da UTP, preceptor de Faringoestomatologia do serviço de especialização em Otorrinolaringologia do Hospital da Cruz Vermelha, além de Chefe do Serviço de Otorrinolaringologia no mesmo hospital.

 

Sobre a Otorrinos Curitiba

A Otorrinos Curitiba é a mais nova referência no atendimento da área de otorrinolaringologia da capital paranaense. Inaugurada em setembro de 2015 no bairro Mercês, a clínica possui estrutura moderna, excelente localização, tecnologia de ponta e profissionais altamente renomados para oferecer o melhor atendimento aos pacientes.

A Otorrinos Curitiba possui horário de atendimento diferenciado: de segunda a sexta, das 8h às 22h, e aos sábados, das 9h às 13h. Para maior comodidade dos pacientes, possui estacionamento no local.

A clínica atende aos seguintes convênios: Unimed, Amil Assistência Saúde, Bradesco Saúde, Copel, Cassi, Evangélico Saúde, Mediprev, Sanepar, Saúde Caixa, Sinam, SulAmérica e Voam.

 

Serviço:

Otorrinos Curitiba

Rua Doutor Roberto Barrozo, 1381, 1º andar – Mercês

Telefone: (41) 3335-0302 / 3336-9640 / 3339-4084

Site: www.otorrinoscuritiba.com.br

unnamed (1)

gezianediosti@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.