Seis em Um

Novo modelo de negócio amplia oportunidades no mercado de decoração

Em meio a um mercado repleto de mudanças, os modelos de negócio tradicionais não têm mais vez. Chegou a hora de focar exatamente nas necessidades dos consumidores, e isso inclui oferecer facilidades e otimizar o tempo e deslocamento de clientes.
Pensando nessa mudança, a empresária Marcia Almeida, da Villa Batel Interiores, criou a Villa Batel Decor. O imóvel da loja de mobiliário residencial agora conta com corners exclusivos de marcas de outros segmentos de decoração como iluminação, revestimentos, enxovais, tecidos, marcenaria e mobiliário com foco comercial. O novo conceito reúne o melhor do decor e design em um só lugar.
A principal vantagem é reduzir os custos tanto da Villa Batel Interiores quanto dos corners, visto que estão localizados na Al. Dr. Carlos de Carvalho, o melhor endereço da cidade quando se trata de decoração, com um investimento menor, e consequentemente aplicando um preço final melhor. O novo modelo de negócio foi baseado nos lifestyles colaborativos, com compartilhamento de recursos. Outro diferencial de ter várias lojas em uma, é que cada uma delas conhece seu produto a fundo e então consegue atender o cliente da melhor forma possível, oferecendo um grande mix aliado a know-how específico.
O novo modelo de consumo foi a fonte de inspiração para a empresária Marcia Almeida. Com o aumento de recursos tecnológicos, como o catálogo em ipads, não se faz mais necessário um estoque enorme. “80% das nossas vendas são por encomenda e isso liberou espaço na nossa estrutura. A ideia inicial era a criação de um coworking para arquitetos e designers, mas em pesquisas e conversas, evoluímos para um “coworking de lojas”. A vantagem principal não é apenas o retorno financeiro da locação dos espaços, mas sim da fidelização e conquista de novos clientes, que vêm dos outros corners, em um rico intercâmbio de informações e parcerias, uma maior interação entre lojistas”, pontua.
Cada corner conta com uma equipe de vendas própria, especializada, dentro de um único imóvel. Cada um paga uma taxa mensal, que contempla locação e taxas compartilhadas, como internet, por exemplo, e são focados em trazer clientes não só para o próprio corner, mas também indicam os parceiros que estão no mesmo endereço.
A StilHaus, especializada em papéis de parede e tecidos, é um dos novos corners dentro da Villa Batel Decor. Para Mariana Vianna Gaião, founder e diretora da marca, o novo ponto de venda, que já é consolidado no mercado, já atinge esse público visado: exigente, que procura o melhor produto, conhecimento técnico, e a melhor prestação de serviço. “Os clientes precisam de praticidade. Ninguém mais tem tempo de ir a inúmeras lojas até encontrar tudo que precisa para sua casa. Na Villa Batel Decor tem desde roupa de cama, até papéis de parede. E, além disso, os clientes buscam também conhecimento. Unir especialistas em um mesmo espaço é muito mais rico do que agregar produtos ao mix de uma mesma loja” explica a empresária. O novo modelo de negócio despertou em Mariana através de uma experiência pessoal. “A ideia principal é facilitar a vida do cliente. Quando eu ia casar, tive muita dificuldade de disponibilizar tempo, principalmente junto com meu marido, para ir até as lojas, na montagem do nosso lar. Se tivéssemos esta opção de ir a um lugar só e comprar tudo, teria sido bem mais rápido e fácil”, comenta.
O tempo de montagem de uma loja dentro de outra também é um ponto positivo nesse novo modelo de negócio. “É um espaço menor que uma loja própria, não teremos estoque, no entanto, focaremos nos principais produtos e novas coleções, funciona como uma vitrine. O restante das cores e modelos o cliente pode ver através da nossa loja online, e caso na Villa Batel Decor não tenha o produto ou o tamanho que ele deseja podemos entregar na casa do cliente ou então enviar para o corner para que o cliente possa ver. O mix de produtos da Villa Batel Decor vai tornar a experiência de compra muito mais interessante e conveniente para o consumidor”, explica Malu Milani, diretora da Lola Home, especializada em produtos para cama, mesa, banho, gifts e decoração (linha de almofadas, mantas, bandejas, vasos).
Para Melissa Cavagnoli, supervisora comercial da Renar, especializada em móveis de madeira maciça com grande apelo de design, muito utilizados em hotéis e restaurantes, estar ligado aos nomes Villa Batel e Marcia Almeida só vem a somar, por já serem reconhecidos e referências no mercado curitibano. “Uma das grandes vantagens é que o cliente encontra tudo o que precisa para decorar sua casa, em um único lugar”, explica.
Aliar tradição em bom atendimento, bom relacionamento e produtos de qualidade foi a estratégia de Daniel Bodziak, sócio proprietário da Novit, ao locar um espaço dentro da Villa Batel Decor. Com um grande mix de produtos – iluminação técnica, iluminação decorativa, automação residencial, interruptores e tomadas, além da linha de metais (torneiras, puxadores, acessórios de banho)-, aliado à outros segmentos de atuação dos demais corners, é possível atender o cliente da melhor maneira possível, com múltiplas soluções em espaço único. “A expectativa do novo modelo de negócio é grande, devemos chegar a um faturamento bem maior que nosso ponto original, inclusive superando o faturamento pré-crise. Somado à isso está a economia de até 80% considerando instalações, infra-estrutura, marketing, já existentes nesse novo ponto comercial”, detalha.
Dentro da Villa Batel Decor os clientes terão acesso a um loft, de tamanho real, para que possam ter noção de como ambientar todos os produtos disponíveis na loja. Projetado pela arquiteta Renata Mueller, o ambiente foi montado com produtos de todos os cornes. Um dos destaques desse loft fica por conta da A Marceneira, um corner de marcenaria que trabalha com mdf, lacas, lâminas naturais e vidros. “Hoje a locação de um ponto comercial na Carlos de Carvalho é super caro. Dessa forma, temos duas grandes vantagens: economia e ao mesmo tempo estar bem localizada. Nos unimos para poder oferecer aos clientes uma casa completa dentro de uma loja”, finaliza Lilian Cavalheiro, diretora da A Marceneira.

Crédito Gerson Lima

villa-batel-foto-gerson-lima-001

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.