Universidade Positivo lança cursos livres na área de gestão municipal

Dados da Justiça Eleitoral apontam que apenas 21% dos candidatos a prefeito, vice, e vereador em todo o país têm o ensino superior completo. Outros 37,3% chegaram a concluir o ensino médio, 13,6% tem o ensino fundamental completo e 15,4% não terminaram sequer essa etapa de ensino. São candidatos com este perfil escolar que prometem ao eleitor defender ações para melhorar a qualidade de vida das cidades, algo que depende principalmente de planejamento em urbanização.

Pensando em fomentar o debate a respeito da necessidade da presença de mais profissionais para planejar os municípios, uma exigência que é prevista no Estatuto das Cidades, a Universidade Positivo criou três cursos livres para analisar o próprio Estatuto das Cidades, o Estatuto das Metrópoles e Metropolização Brasileira e o Plano Diretor Municipal. Os cursos são direcionados à comunidade, principalmente os candidatos a cargos públicos que disputam a atual eleição municipal, além de servidores públicos, engenheiros, arquitetos e urbanistas.

“Os vereadores são os responsáveis pela aprovação dessa legislação do plano diretor, mas a maioria dos vereadores não tem conhecimento dessa questão urbana. É uma postura que vem sendo alterada, mas a gente tem uma demanda grande por qualificação de técnicos, na maioria dos municípios”, ressalta Mônica Janke de Castro Prosdócimo, arquiteta e urbanista que vai ministrar aulas nos cursos sobre Estatuto das Cidades e Plano Diretor.

Os três cursos que serão ministrados na Universidade Positivo têm a finalidade de preparar os participantes para planejar o desenvolvimento urbano e garantir que o que foi colocado no papel seja mesmo efetivado na prática. A professor Mônica lembra da recuperação urbana que a zona portuária do Rio de Janeiro sofreu para receber os jogos olímpicos. “A área do porto sempre foi conhecida por estar degradada. Com a vinda dos jogos, toda a zona portuária foi remodelada, um dos legados deixados pelo evento esportivo e que só foi possível graças ao planejamento”, ressalta. “O exemplo recente de intervenção urbana, ajuda a entender a necessidade de colocar dentro das administrações municipais, principalmente em municípios pequenos e de médio porte, pessoas preparadas para que o Estatuto das Cidades seja cumprido atrás do plano diretor”, diz a professora.

 

Serviço:

Cursos Livres – Estatuto das Metrópoles, Metropolização Brasileira e Plano Diretor Municipal

Quando: Sextas-feiras, das 19h às 22h30 e sábados, das 8h às 11h40 e 13h30 às 17h10

Local: Universidade Positivo (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 – Ecoville)

Informações e inscrições: www.up.edu.br/#cursos-livres/presencial

 

Sobre a Universidade Positivo – A Universidade Positivo (UP) concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece 59 cursos de Graduação (31 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 26 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão. Em Curitiba, a UP conta com três campus: Ecoville, que ocupa uma área de 424,8 mil metros quadrados, Praça Osório, no centro da cidade, e Mercês – Catarina Labouré. Lançou, em 2013, seu programa de Educação à Distância, com dezenas de polos em todo o país. É considerada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a melhor universidade privada do Paraná, pelo quarto ano consecutivo.

imagem_release_742278
Cursos acontecem no câmpus Ecoville

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.