ICP recebe milhares de mulheres no Dia da Consciência Rosa

Aproximadamente duas mil mulheres participaram do Dia da Consciência Rosa, no Centro de Convenções do Avivamento (CCA), em Ponta Grossa. A iniciativa partiu da rede feminina Koinonia, da Igreja Cristã Presbiteriana (ICP).  O evento fez parte da série de ações do Outubro Rosa e teve como objetivo alertar as mulheres para a realidade atual do câncer de mama no Brasil e no mundo, além de destacar a importância do diagnóstico precoce. “Ficamos surpresas com a quantidade de mulheres interessadas na causa. Acreditamos na importância de debater o assunto e expor que ninguém está imune a doença. Mas, que quando se enfrenta um tratamento buscando força na fé em Deus, as coisas têm tudo para dar certo”, comenta a pastora Kellen Braido, uma das coordenadoras do evento.

Um bate-papo descontraído com a médica oncologista Janiceli Blanca Hablich tirou as dúvidas e esclareceu também os mitos e verdades sobre a doença. Um depoimento de quem enfrentou por duas vezes o câncer emocionou quem participava da iniciativa. A bancáriaAdriana Carrano Ramos contou sua história e onde encontrou forças para enfrentar o diagnóstico e o tratamento que teve que se submeter para combater uma das formas mais agressivas da enfermidade. Para ela, dois pontos foram fundamentais para obter a cura, a fé em Deus e a importância de ficar atenta as alterações do corpo para buscar ajuda médica. “Foi imprescindível descobrir o câncer em sua fase inicial. Além disso, Deus é grandioso, para ele nada é impossível. Confiei no Senhor e me entreguei à sua restauração e misericórdia”, conta a bancária, que enfrentou a doença pela primeira vez aos 40 anos.

unnamed

carolvcg1@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.