Sistema Positivo de Ensino comemora resultados do Enem

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 é motivo de comemoração para 320 escolas brasileiras conveniadas ao Sistema Positivo de Ensino (SPE). O ranking divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aponta as instituições de ensino como as melhores em seus municípios. No Sul do Brasil, o melhor resultado geral vem do Paraná. Quem responde por ele é justamente o Colégio Positivo, em Curitiba – que pertence ao mesmo grupo onde o sistema foi criado e onde é testado todos os dias. Atualmente, cerca de 2 milhões de alunos brasileiros se preparam para o vestibular e o Enem tendo como base o conteúdo desenvolvido pela Editora Positivo.

O índice também foi favorável para as escolas conveniadas ao SPE que estão localizadas na região Norte. Em Roraima, por exemplo, o Centro de Educação Integrada Colméia, localizado em Boa Vista, foi o primeiro colocado do Enem no estado. E as conquistas não se restringem às capitais: nos estados de Amapá, Acre e Amazonas, as escolas com as melhores notas no interior são conveniadas ao SPE. Já na região Centro-Oeste, das 15 escolas mais bem colocadas no estado de Mato Grosso, três utilizam o Sistema Positivo de Ensino, nas cidades de Juína, Rio Verde e Sinop. No Sudeste, 73 conveniadas aparecem com as melhores notas dos seus municípios.

Para o diretor editorial da Editora Positivo, Joseph Razouk Júnior, a finalidade do Enem não é comparar escolas entre si, uma vez que a participação dos estudantes é voluntária e os participantes vêm de contextos muito heterogêneos. “Mesmo assim, o exame é uma boa ferramenta para a análise da educação no Brasil e suas perspectivas ao longo prazo, uma vez que sinaliza onde é preciso melhorar”. Neste sentido, o SPE aparece como uma ferramenta estratégica, pois traz instrumentos que contemplam tanto o aluno, como o professor, a comunidade administrativa da escola e a família. “As escolas integrantes do Sistema Positivo de Ensino apresentam ganhos consistentes em seus resultados, mostrando que o processo de aprendizagem de qualidade também pode ser vivido longe das capitais”, conclui. Das 10 melhores colocadas em todo o Brasil, quatro são do Ceará, três de São Paulo, duas de Minas Gerais e uma do Piauí – todas particulares.

 

Saiba mais:

Sobre o Sistema Positivo de Ensino –  é o maior e mais tradicional selo voltado ao ensino particular no Brasil. Com um projeto sempre atual e inovador, ele oferece às escolas particulares diversos recursos que abrangem alunos, professores, gestores e também a família do aluno com conteúdo diferenciado. Para os estudantes, são ofertadas atividades integradas entre o livro didático e plataformas educacionais que o auxiliam na aprendizagem. Os professores recebem propostas de trabalho pedagógico focadas em diversas disciplinas, enquanto os gestores recebem recursos de apoio para a administração escolar, incluindo cursos e ferramentas que abordam temas voltados às áreas de pedagogia, marketing, finanças e questões jurídicas. A família participa do processo de aprendizagem do aluno recebendo conteúdo específico, que contempla revistas e webconferências voltados à educação.

Sobre a Editora Positivo – Com a missão de construir um mundo melhor por meio da educação, a Editora Positivo tem as boas práticas de ensino como seu DNA. Fundada em 1979, a empresa tornou-se referência no segmento educacional, desenvolvendo livros didáticos, literatura infantil e juvenil, sistemas de ensino e dicionários. Quase dois milhões de alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas (Aprende Brasil) e particulares (Sistema Positivo de Ensino), no Brasil e no Japão.

Sobre o Grupo Positivo – O Positivo nasceu em 1972, a partir da ideia um grupo de professores visionários que criaram um curso pré-vestibular inovador. Hoje, a marca Positivo consolidou sua liderança em todas as áreas em que atua Ensino, Soluções Educacionais, Cultura, Tecnologia e Gráfica, graças à qualidade de seus serviços e produtos. Na área de Ensino, o Grupo atua desde a Educação Infantil até o Ensino Superior – Graduação (Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia), Especialização, Mestrado e Doutorado. Mais de 1 milhão de alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas e particulares, no Brasil e no Japão. Escolas de mais de 40 países utilizam soluções desenvolvidas pela divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática. A maior fabricante brasileira de computadores possui plantas em Curitiba (PR), Manaus (AM) e na Argentina. A Posigraf, uma das maiores gráficas da América Latina, tem filiais e representações em todo o Brasil, Mercosul e Estados Unidos. Na área cultural, os espaços destinados aos eventos e exposições passaram a contar com o Expo Renault Barigui, em 2012, e a administrar o espaço de feiras e eventos do Shopping Estação, em 2015.  No ano em que completou 40 anos, o Grupo Positivo também lançou o Instituto Positivo, para centralizar e potencializar as ações de responsabilidade social e investimento social privado das suas empresas e unidades educacionais.

imagem_release_771624

Central Press

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.