Câncer de Pênis – Além de ser um tabu, doença ainda é desconhecida por alguns homens

Cuidar da saúde é coisa de homem. Isso mesmo! E para incentivá-los nessa tarefa foi criada a Campanha Novembro Azul.  Mas não é só o câncer de próstata que merece atenção da população masculina. Outra neoplasia que atinge este público é o câncer de pênis.

É uma doença considerada rara (2% de todos os tipos de câncer que atingem o homem). Porém, isso não reduz seu grau de perigo para a saúde masculina. Com maior incidência entre os 40 e os 50 anos, o câncer de pênis está relacionado, principalmente, à falta de higiene íntima e atinge mais aqueles que se submeteram à cirurgia de fimose (remoção do prepúcio, pele que reveste a glande – a “cabeça” do pênis). Alguns estudos também indicam que esteja relacionado à infecção pelo vírus HPV.

De acordo com Dr. Amândio Soares, oncologista da Oncomed-BH, o sintomas incluem mudança de cor ou espessura em uma determinada área da pele do pênis; surgimento de nódulo; ferida ou úlcera persistente, que sangra; protuberâncias avermelhadas e aveludadas; pequenos edemas sólidos; lesões de cor marrom-azulada e secreção persistente, muitas vezes com mau cheiro. “Vários desses sintomas podem ser causados por outras condições clínicas. Isso pode retardar o diagnóstico e agravar a condição do paciente. Por isso, é preciso ficar sempre atento e consultar o médico periodicamente”, alerta.

Cirurgia, radioterapia ou quimioterapia são algumas das opções para o tratamento da doença. Porém, a prevenção ainda é a melhor solução e não é difícil de ser realizada, afirma o oncologista. É importante fazer a higiene íntima com água e sabão, especialmente após a masturbação e as relações sexuais. A cirurgia de fimose, quando indicada, também auxilia na prevenção. O uso de preservativos é fundamental e diminui a chance de contágio de doenças sexualmente transmissíveis, como o vírus HPV, por exemplo.

Autoexame:

Os homens devem estar atentos aos seguintes sinais ao fazer o Autoexame.

- perda de pigmentação ou manchas esbranquiçadas;

- feridas e caroços no pênis que não desapareceram após tratamento médico e que apresentem  secreções e mau cheiro;

- tumoração no pênis e/ou na virilha (íngua);

- inflamações de longo período com vermelhidão e coceira, principalmente nos portadores de fimose.

 Sobre a Oncomed

A Oncomed-BH, clínica especializada na prevenção e no tratamento das doenças neoplásicas, foi fundada em 1994, em Belo Horizonte. Desde então, realiza um trabalho que envolve cuidados diferenciados e tratamento humanizado a todos os pacientes. São especialistas em oncologia, hematologia, nutrição, clínica da dor, psicologia e cardiologia, além de uma equipe de suporte que realiza um acompanhamento efetivo na prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças. (melina.capila@linkcomunicacao.com.br)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Talvez você se interesse por estes artigos

No sábado, 23 de fevereiro, das 9h às 12h, mais de vinte instituições, participam na Boca Maldita, em Curitiba, das comemorações do Dia Mundial de...
Fechar Menu