Designers conhecem as tendências em cores para ambientes em palestra promovida pela ABD-PR

O leque de cores traz o tema a luz em três prismas: substancial, complementar e dinâmico e resgata a diversidade cromática brasileira

As tendências em cores para uma diversidade de ambientes deram o tom à palestra de Tanara Gois, especialista em cores, apresentada nesta terça-feira (22.11) para designers de interiores de Curitiba. O evento foi promovido pela ABD-PR (Associação Brasileira de Designers de Interiores – Seccional do Paraná), em parceria com a Suvinil. Os participantes, reunidos no espaço Impermix, conheceram o leque de cores da marca brasileira de tintas imobiliárias, que traz como tema a luz em três pontos de vista: substancial (busca pelas raízes), complementar (silêncio e aconchego) e dinâmico (vitalidade e energia).

A consultora técnica e de relacionamento da Suvinil destacou que a paleta 2017 apresenta cores que remetem ao patrimônio da biodiversidade cultural brasileira, desde a mistura de raças e etnias até o artesanato e festas populares. A riqueza cromática do país resultou num leque de 33 cores, combinando tons terrosos, cores primárias como vermelho, amarelo e azul, as off-whittes, nuances nudes e pastéis, conexões entre verde, azul, cinza. “Enfim, é uma infinidade de combinações, brincadeiras e contrastes”, coloca Tanara. “O objetivo foi usar as cores como instrumentos para enriquecer a decoração e transmitir a personalidade do brasileiro”.

Os três prismas

Tanara explica que os três pilares que sustentam o tema luz são repletos de particularidades e aspectos inexplorados, traduzindo as mais diversas personalidades em cores e sensações. Disse que os designers brasileiros podem se inspirar nesses prismas para criar projetos atuais, transformadores, inovadores, sustentáveis e muito originais. “O substancial reflete a busca pelas raízes, respeito e proximidade com a natureza em um mundo cada vez mais fluido e digital. Os tons desta paleta são terrosos, empoeirados e sombreados, remetem ao ser natural. Como contraponto, o dinâmico, mostra a essência do viajante e o constante movimento, além do aspecto jovem com um toque de humor. É representado pelas cores primárias em tons vibrantes, como vermelho, amarelo e azul com elementos simples e formas geométricas. A busca e energia tomam conta desse cenário, que conversa com o “faça você mesmo”. O complementar apresenta um movimento reduzido e sons que se acalmam representados por uma paisagem silenciosa que inspira harmonia. Desta forma, criam-se espaços para a percepção do outro. Na decoração essa sensação é traduzida por tons claros, nudes surpreendentes que trazem segurança, aconchego e liberdade, transformando a casa em um verdadeiro oásis”.

A diretora da ABD-PR, Silvia Pedroso Xavier, afirmou que o tema cores faz parte do cotidiano dos designers de interiores que sempre buscam combinação e harmonia para o ambiente. “Além de apresentar as tendências para 2017, Tanara trouxe informações importantes, compartilhou ideias e experiências inspiradoras e motivadoras e, que, certamente, serão consideradas em nossos projetos”. Para a vice-diretora da ABD-PR, Karin Brenner, o conteúdo da palestra foi muito interessante porque abordou o que as cores tem a dizer sobre os novos tempos e que podem resultar em combinações alegres, ousadas, convidativas, vibrantes. “O resgate da brasilidade dos tons revela nossa cultura, nosso povo, nossas cores”. Reforçou que esse é o objetivo da Associação, oferecer aos profissionais experiências que enriquecem e valorizam seu trabalho de design.

Tanara Gois apresentou as tendências em cores para o próximo ano (Ana Maria Ferrarini)
Tanara Gois apresentou as tendências em cores para o próximo ano (Ana Maria Ferrarini)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.