Gastos de estrangeiros no Brasil superam 2015

A receita cambial do turismo teve alta de 6,57% nos últimos dez meses, na comparação com o mesmo período do ano passado.  Os gastos do turista internacional nos destinos brasileiros, de janeiro a outubro, somaram US$ 5,1 bilhões contra US$ 4,79 bilhões de 2015, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Ministério do Turismo.
 
O resultado positivo se manteve no acumulado do ano, apesar da queda de 4,2% na receita do mês passado. Em outubro a conta dos viajantes estrangeiros ficou em US$ 434 milhões, enquanto no mesmo mês de 2015 atingiu a marca dos US$ 453 milhões.
 
“Estamos trabalhando forte para ampliarmos o fluxo de turistas estrangeiros e de divisas para o país. Tivemos uma experiência bem-sucedida com a isenção de vistos para quatro países durante o período da Olimpíada e agora vamos avançar nas discussões para tornar essa medida permanente e em outros temas como a criação de áreas especiais de interesse turístico”, comenta o ministro do Turismo, Marx Beltrão.
 
Já os gastos de brasileiros no exterior dispararam em outubro. Acumularam uma alta de 41,89%, na relação com o mesmo período do ano passado, embalados pela variação da cotação do dólar nos últimos meses.  Assim, a despesa cambial do turismo fechou o mês em US$ 1,42 bilhão.
 
No acumulado do ano, os brasileiros gastaram US$ 11,9 bilhões em destinos internacionais. As estatísticas das contas de viagens são apuradas pelo Banco Central e consideram gastos com cartões de crédito e trocas oficiais de moedas.
unnamed
Crédito: Embratur
<ascom@turismo.gov.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.