Últimas

P. B. Lopes realiza rodas de conversa no Novembro Azul

Durante o mês de novembro, a concessionária vai promover

palestras, exibição de vídeos e debates com especialistas

 

A P. B. Lopes|Concessionária Scania vai promover várias ações durante o mês de novembro em prol da luta contra o câncer de próstata – o segundo mais comum entre os homens no Brasil. É a Campanha Novembro Azul, cujo objetivo é conscientizar e levar informações sobre a doença a todos os colaboradores do grupo, que tem filiais no Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

A iniciativa vai contar com leitura de textos, exibição de vídeos e roda de conversa com especialistas no assunto. Em Londrina, a ação será realizada nesta terça-feira (8), às 8h, na sede da concessionária (Av. Brasilia 3126) e contará com um café da manhã seguido de um bate papo com um especialista do Hospital do Câncer da cidade.

Em Maringá, a conversa também será na terça-feira (8), porém às 16h, com o enfermeiro Luan Gomes Pereira, do Hospital do Câncer, na P. B. Lopes (Av. Colombo, 674).

Em Regente Feijó (SP) a campanha de conscientização será realizada na quarta-feira (dia 09), às 8h, com a enfermeira Alessandra Alvarez Noronha Viana, do Posto de Saúde do distrito de Espigão. A concessionária fica na Rodovia Raposo Tavares, km 559.

Em Salto Grande (SP), o bate-papo será com a enfermeira Joelma Camilo, da Santa Casa de Ourinhos, na sexta feira (dia 11), às 8h, na sede da concessionária (Rodovia Raposo Tavares, km 386).

Em Campo Grande (MS), os colaboradores serão recebidos com um café da manhã na quinta-feira (dia 24), às 8h, na concessionária (Av. Alexandre Herculano, 84) e depois conversam com um especialista da Cooperativa de Urologia.

Preconceito

O câncer de próstata é uma doença silenciosa, que não costuma apresentar sintomas. O diagnóstico precoce pode aumentar em 90% as chances de cura. No entanto, 87% dos homens afirmam que o preconceito atrapalha na prevenção.

Um simples exame de sangue conhecido como PSA pode ser a salvação. Os médicos recomendam que o primeiro PSA seja feito aos 50 anos, para a maioria dos homens, e aos 45 para aqueles que têm histórico de câncer na família. Mas para um diagnóstico mais preciso, os médicos recomendam também o exame do toque.

 

 

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com