Toledo sedia III Encontro do Fórum de Desenvolvimento do Território Oeste, no próximo dia 24

Programação inclui apresentação de resultados, debate de prioridades ao território e eleição de nova diretoria; evento acontece na PUCPR do município das 19 às 22 horas

Cerca de 300 pessoas são esperadas para a 3ª edição do Encontro do Fórum de Desenvolvimento Econômico do Território Oeste do Paraná. O evento, promovido pelo Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), acontece no auditório da Pontifícia Universidade Católica do Paraná campus Toledo, das 19 às 22 horas, no dia 24 de novembro. O público-alvo do evento são lideranças regionais, representantes das instituições parceiras do POD e demais interessados no desenvolvimento da região.

Segundo o gerente regional do Sebrae/PR, Orestes Hotz, o evento é um passo importante para a construção do futuro da região. “É sabido que o dinamismo de um território depende muito da capacidade de organização de suas lideranças e da participação efetiva das pessoas nas decisões estratégicas. Assim, encontros como esse são pontos de partida para o surgimento de novas ideias de melhoria ao território”, observa.

A agenda do encontro inicia com o relato das atividades e ações executadas pelas nove Câmaras Técnicas (CTs) do programa (frango, leite, peixe, suíno, infraestrutura e logística, energias, meio ambiente, pequenos negócios e sistema regional de inovação) seguida da apresentação dos resultados estratégicos do POD. Os balanços das CTs têm foco neste ano, já o relato do programa em si vai expor as conquistas desde o início do POD até aqui.

De acordo com o consultor do Sebrae/PR, Augusto César Stein, a programação está dividida em dois blocos. “Em um primeiro momento, o fato principal é apresentar as atividades e ações de todas as Câmaras Técnicas e grupos de trabalho do Oeste em Desenvolvimento, bem como os resultados estratégicos. Será uma espécie de prestação de contas. No segundo bloco, então, o foco é debater as prioridades para 2017 a 2021”, explica.

Na sequencia, haverá a entrega do Censo das Secretarias Municipais de Agricultura do Oeste do Paraná. Além disso, a programação prevê o debate das prioridades para o período de 2017 a 2021, a adesão de novos parceiros ao Programa Oeste em Desenvolvimento e a assinatura do protocolo de intenções com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Sucessão

Ao final do III Encontro do Fórum de Desenvolvimento Econômico do Território Oeste do Paraná, também será eleita nova diretoria do Programa Oeste em Desenvolvimento. De Toledo, o arquiteto Mario Costenaro, primeiro presidente eleito do POD na gestão 2014/2015, teve reconduzido o mandato para a gestão 2015/2016, deixa um legado de conquistas e desafios ao próximo presidente e nova diretoria, que devem assumir os cargos oficialmente em 2017 durante o Show Rural em Cascavel.

“Essa capacidade de promover a integração é um dos principais resultados do Programa. Conseguimos trabalhar de forma coordenada problemas e possíveis soluções para a região envolvendo 60 instituições públicas e privadas. Uma integração que, para mim, tem sido uma experiência de vida. Estamos apenas no começo, mostrando que o oeste valoriza o ser humano, sem vaidades, sem políticas partidárias, pensando no desenvolvimento solidário”, destaca Costenaro.

Inscrições

Para participar do III Encontro do Fórum de Desenvolvimento Econômico do Território Oeste do Paraná basta fazer inscrição no link https://goo.gl/forms/IIzqiTXbJBipMUIg1. Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail secretaria@oesteemdesenvolvimento.com.br ou por meio do telefone (45) 3576-7081.

O Programa

Lançado oficialmente em agosto de 2014, o Programa de Desenvolvimento Econômico do Território Oeste do Paraná, o Oeste em Desenvolvimento, vem ganhando forças a cada ação e atividade que executa. A proposta é a união de esforços entre entidades de fomento ao empreendedorismo e desenvolvimento regional trabalhando em sinergia, a exemplo da Itaipu, Fundação Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Sebrae/PR, Ocepar, Caciopar, Amop, Emater e Fiep.

O objetivo é promover o desenvolvimento econômico da região por meio da participação coletiva e fomentar a cooperação entre empresas públicas e privadas. O Programa Oeste em Desenvolvimento pensa a região de forma ampla e ousada. Pioneiro no Brasil, atua por meio das Câmaras Técnicas, que são grupos de estudo e discussões nas cadeias produtivas consideradas propulsoras da região.

Para que as cadeias produtivas possam se desenvolver, algumas condições foram estabelecidas como prioritárias para auxiliar a criar um ambiente positivo. A essas categorias, deu-se o nome de Eixos Estruturantes do Programa Oeste em Desenvolvimento, sendo eles: capital social e cooperação; pesquisa e desenvolvimento; infraestrutura e logística; crédito e fomento; e energias renováveis.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.