Viva Unilivre terá apresentação de cinema movido à energia solar

Evento acontece no sábado, 19 de novembro, das 9h às 19h

Acontece no sábado, 19 de novembro, das 9h às 19h, o Viva Unilivre – um evento para promover sustentabilidade e cultura. Entre as atividades estão palestras, workshops e oficinas com temas variados como robótica, qualidade de vida e extinção de animais. Todas as atividades são gratuitas. Um dos destaques da programação é o CineSolar – cinema itinerante que exibe filmes a partir da energia solar. O projeto, realizado pela Brazucah Produções por meio da Lei de Incentivo à Cultura e com patrocínio do Google, utiliza energia limpa e renovável para exibições de filmes.

O CineSolar funciona a partir de uma van equipada com placas solares que, através de um sistema que converte energia solar para elétrica, faz a exibição de filmes e apresentações artísticas. Com telão de 200 polegadas, a van é equipada com 100 assentos para o público e conta até com um estúdio de gravação. Os interessados podem participar da oficina de cinema do CineSolar das 14h às 17h ou assistir às exibições às 18h.

“O Brasil tem um incrível potencial em energias renováveis. E por que não se beneficiar no campo do entretenimento, das artes e da cultura? Nosso objetivo é, além de democratizar o acesso à produção audiovisual nacional, trabalhar com ações sustentáveis que multipliquem a conscientização ambiental e mostrem a força que a energia solar tem por aqui”, diz Cynthia Alario, idealizadora e coordenadora do CineSolar.

O Viva Unilivre também terá outras atrações. Durante todo o dia, ocorre festival gastronômico e Ecovisitas pelo Bosque Zaninelle. Pela manhã, a programação conta com as palestras “Filosofia e Meio Ambiente” com os professores José Carlos Portella Jr. e Michelle Cabrebra, “Extinção recente de espécies”, com Aristides Athaíde Jr., e o “1º Bate-Papo sobre Qualidade de Vida e Sustentabilidade”, com a química ambiental Deborah Munhoz e o eco-chef Tonny Nascimento, especialista em cozinha vegetal retroalimentar. À tarde, haverá o workshop “Ecoempreendedorismo”, com Deborah Munhoz, palestra sobre compostagem com Cláudia Borio e “A importância das Terapias Alternativas para os Centros Urbanos” com César Mondschein. Já as crianças poderão aprender mais sobre engenharia e reutilização de lixo eletrônico na oficina de Robótica e Lixo Eletrônico, que terá como tema o Natal. A oficina ocorrerá das 9h30 às 12h e das 13h30 às 17h e é voltada a crianças de 5 a 12 anos. Para se inscrever, basta o interessado doar um lixo eletrônico. Após o evento, a Unilivre passará a ser um posto de coleta de lixo eletrônico permanente.

Entre uma atividade e outra, o público poderá conferir diversos shows musicais acústicos. Na programação, o cantor, compositor e violonista Claudio Pimentel, que apresentará versões acústicas de cantores renomados como David Bowie, Lou Reed e Bob Dylan. Também haverá apresentação do Duo Capiroto, violão e violoncelo, tocando músicas brasileiras; o artista William Nunes, conhecido como Arcanjo violinista, tocando do erudito ao pop; os Djs Marc e FMZ e o cantor Giuliano Gonzales.

Serviço: O Viva Unilivre ocorre das 9h às 19h, na Universidade Livre do Meio Ambiente, localizada no Bosque Zaninelli, na Rua Victor Benato, 210, no bairro Pilarzinho. Saiba mais nas redes sociais: https://www.facebook.com/unilivreoficial.

 

Sobre a Unilivre
Fundada em 1991, a Universidade Livre do Meio Ambiente – Unilivre, é uma organização não-governamental que promove projetos socioambientais e programas de capacitação em sustentabilidade urbana. Desde 2002, a instituição é uma entidade do Terceiro Setor, qualificada pelo Ministério da Justiça como uma OSCIP – Organização Social Civil de Interesse Público, voltada para o Desenvolvimento Sustentável Urbano e a melhoria da qualidade de vida urbana.

A Unilivre foi idealizada com o objetivo de disseminar práticas, conhecimentos e experiências relacionadas às questões ambientais e crescimento ordenado e sustentável das cidades. Sua inauguração oficial, em 5 de junho de 1992, contou com a presença do oceanógrafo francês e cientista marítimo, Jacques Cousteau, um dos maiores defensores mundiais do meio ambiente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.