Aplicativo ajuda a diminuir o índice de desistência ao tratamento da artrite reumatoide

A residente de reumatologia Ana Beatriz Pedrini Finardi, orientada peloDr. Roberto Acayaba de Toledo, da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, criou um aplicativo para solucionar a falta de adesão dos pacientes aos tratamentos reumatológicos. A ideia do projeto “Compartilhando Caminhos: Aplicativo em smartphones a serviço da adesão terapêutica e gestão em saúde de pacientes reumatológicos” surgiu das experiências vivenciadas pela residente durante os cuidados com esses pacientes. “No dia a dia nós observamos que os pacientes abandonavam os tratamentos e, pesquisando um pouco, vimos que esse era um problema geral na área de reumatologia”, explicou Ana Beatriz.

Diante desse cenário, a criadora pensou em utilizar a tecnologia como uma importante ferramenta para aumentar a adesão ao tratamento e, desta forma, reduzir o número de internações e complicações, melhorando assim a qualidade de vida dos pacientes reumatológicos. “O aplicativo ajudará os pacientes a lembrar os horários das medicações e consultas. E os médicos a monitorar o tratamento em curso”, ressalta Finardi.

O projeto, segundo a estudante, é viável de ser implantado e terá utilidade não só para o SUS como também para todos os serviços de saúde. Entre os benefícios, ele permitirá uma troca permanente de informações entre o médico e o paciente, que deve gerar uma redução de faltas nas consultas ambulatoriais. Com essa ideia inovadora, ela foi a melhor colocada da primeira edição do Articulando Residentes – Prêmio Dr. Paul Janssen. O evento ainda anunciou o projeto “Ferramenta Organizacional no Sistema Único de Saúde de um Serviço de Reumatologia do Estado de São Paulo” da residente Flávia Luiza Marin, da UNESP de Botucatu, como o segundo colocado.

A iniciativa Articulando Residentes foi desenvolvida pela Janssen, em parceria com a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) e a premiação dos melhores projetos aconteceu na última sexta-feira (25/11), no Hotel Blue Tree Morumbi, em São Paulo, durante o evento anual dos residentes, organizado pela Sociedade. No total, foram inscritos 21 no Articulando Residentes – Prêmio Dr. Paul Janssen. O júri, composto por quatro reumatologistas membros da SBR, selecionou cinco finalistas que foram apresentados por seus autores durante o evento.

Os prêmios para os dois melhores projetos contemplam a participação em um dos principais congressos internacionais da Reumatologia em 2017: ACR (American College of Rheumatology), em San Diego – EUA, ou EULAR (European League Against Rheumatism), em Madrid – Espanha. O primeiro colocado terá ainda direito a levar seu preceptor.

tcarvalho@jeffreygroup.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.