Como fazer um Plano de Carreira de sucesso

Especialista em carreira ensina técnica para atingir seus objetivos profissionais no próximo ano

Mudar de emprego, ganhar mais, mudar de área, fazer do hobbie uma profissão. Estes são alguns dos desejos dos profissionais que atuam no mercado de trabalho, independente da área. Mais um ano está chegando ao fim e muitas pessoas ainda não conquistaram as suas metas profissionais, traçadas no começo do ano. O consultor de carreira da ESIC Business School, Alexandre Weiler, dá dicas para fazer um plano de carreira para o próximo ano e conquistar as tão desejadas metas:

Segundo o consultor, é importante fazer um balanço das suas conquistas e frustrações profissionais, e colocar no papel quais as ações necessárias para chegar ao sucesso. “Não adianta ter como meta falar inglês fluente no próximo ano, se você nunca estudou. É importante ser realista para alcançar as metas”, afirma.

Para um plano de carreira, Weiler explica que é necessário definir quais são suas metas, onde quer chegar, o que gostaria de alcançar durante 1 ano, 3 anos e 5 anos. “Depois para cada meta, o profissional deve traçar um plano de ações”, completa. Dizer apenas “o que quer” não é planejamento e sim, uma “lista de coisas de quero”. O planejamento, além do “o quê”, também diz, “quem”, “quando”, “como” e “quanto”. Demanda trabalho, dedicação, atenção, mas em compensação aumenta significativamente as chances de sucesso. Faz jus àquela famosa frase: ninguém planeja fracassar, mas a grande maioria fracassa por não planejar.

O consultor pontua que conhecimento nunca é demais. “Independente da meta, é necessário buscar conhecimento na sua área de atuação. Ingressar em um curso superior, um MBA ou uma pós-graduação, ou em módulos específicos de acordo com a necessidade é fator crucial para o sucesso profissional”, afirma, lembrando que um profissional antenado com as novidades do mercado está sempre um passo à frente dos demais. “Sempre que atingimos objetivos, ganhamos competências, experiência e conhecimento que facilitam a conquista de objetivos futuros”.

Um planejamento de carreira eficaz tem objetivos, caminhos para chegar aos objetivos e prazos para atingi-los. “É importante colocar no papel, deixar em um lugar de fácil acesso para que possa revisar com frequência, e fazer alterações sempre que necessário. Um bom planejamento sempre leva em conta as potencialidades, os pontos a melhorar, as oportunidades e as ameaças. Elencar as potencialidades nos ajuda na motivação especialmente nos dias mais difíceis, identificar os pontos a melhorar ajuda a preparar um plano de ação para crescer e se aprimorar. Já identificar as oportunidades, garante a possibilidade de alinhar as competências a elas e assim aproveitá-las na íntegra – até porque oportunidades aparecem para todos, mas somente quem está preparado é que pode aproveitá-las. Por fim, identificar as ameaças auxilia sobremaneira, pois permite antecipar solução, no caso destas se concretizarem, e isso é muito positivo, pois decisões proativas tendem as ser melhores que as reativas, e deixam espaço para lidar uma parcela muito menor de situações inesperadas”, finaliza.

 

Sobre a ESIC:

A ESIC é uma Business School Internacional especializada em Gestão de Negócios e  Marketing. Com mais de 50 anos de experiência, possui matriz em Madrid e Barcelona, 10 campus na Europa, campus brasileiro em Curitiba, acordos e convênios nos 5 continentes, especialmente E.U.A., Índia e China. A instituição atua em sete áreas: Graduação, Pós-Graduação (Master e MBA), ExecutiveEducation (cursos sob medida e formação in company), Módulos e Missões Empresariais Internacionais, ESIC Idiomas (Escola de idiomas Internacional), Simuladores/Competições Empresariais Globais e ESIC Editora (com tradição em publicações renomadas, atualizadas e especializadas em Gestão de Negócios e Marketing). Para garantir respaldo internacional aos certificados de seus alunos, a ESIC está entre o seleto grupo que segue os padrões do Executive MBA Council (Conselho Internacional de MBAs), é membro da EFMD (European Foundation for Management Development), AACSB (Associationto Advance Collegiate Schools of Business of USA), AMBA (International Association of MBAs) e CLADEA (ConsejoLatinoamericano de Escuelas de Administración).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.