Últimas

Em Foz, Sebrae/PR promove oficina para a produção de um plano de ação municipal

Com ajuda do Sebrae/PR, prefeitos do Estado preparam cem primeiros dias de governo (foto: Luiz Costa)

Com ajuda do Sebrae/PR, prefeitos do Estado planejam os cem primeiros dias de governo (foto: Luiz Costa)

A intenção é que os prefeitos eleitos e seus assessores tracem projetos que possam ser implantados logo nos cem primeiros dias de governo 

Durante o Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos – Gestão 2017/2020, o Sebrae/PR promoveu a oficina “Como começar a governar governando: os primeiros 100 dias de governo – do discurso à prática”. A iniciativa integra a programação do Programa de Estudos Avançados para Líderes Públicos, que é organizado pelo Sebrae/PR e governo do Estado. O encontro reúne 378 prefeitas e prefeitos e 1,9 mil pessoas na cidade de Foz do Iguaçu, até esta sexta-feira, dia 2.  

Os líderes públicos conheceram um conjunto de orientações organizado em 10 temáticas que continham, cada uma, sugestões de ações e projetos que podem ser implementados para contribuir com o desenvolvimento econômico e, em especial, dos pequenos negócios do município. 

O diretor de Administração e Finanças do Sebrae/PR, José Gava Neto, explicou que a oficina foi planejada com o intuito de mostrar aos prefeitos que é possível criar condições para que as empresas se desenvolvam e tenham um melhor ambiente de negócios para se fortalecer, favorecendo a cidade como um todo. “É fundamental que eles olhem as empresas do município como uma alavanca que gera crescimento, renda e novas oportunidades. Além disso, é importante que logo nos primeiros dias de atuação já possam governar com um planejamento que gere mudanças positivas”, enfatizou. 

A oficina foi ministrada pelos consultores do Sebrae/PR, Claudio Serrato, Marcos Aurélio Gonçalves e Sérgio Garcia Ozório, que estimularam a reflexão dos eleitos e o levantamento de sugestões prioritárias para os cem primeiros dias ou importantes para os quatro anos de gestão. Os prefeitos também receberam uma cartilha que detalha boas práticas para uma gestão municipal eficiente, a importância das micro e pequenas empresas para as cidades e orientações práticas para a elaboração de um planejamento estratégico. 

Algumas das temáticas apresentadas durante a oficina e na cartilha eram, por exemplo, a criação de um ambiente favorável ao desenvolvimento econômico e aos pequenos negócios, estímulo à inovação, alianças estratégicas e o associativismo, crédito para o fomento e a capacitação e qualificação profissional. 

Ferramentas que ajudam na prática 

O prefeito Orasil Silva, de Bom Jesus do Sul, da região sudoeste do Paraná, aproveitou a oficina para discutir na prática com seus assessores os primeiros passos de sua gestão e dar início a um planejamento estratégico. “Refletimos, trocamos informações, opiniões e conseguimos traçar nossas prioridades.  No total, foram três, estimular as compras públicas, incentivar e fortalecer o microempreendedor individual e a educação empreendedora”, contou. 

Firmar parcerias e apostar no associativismo são uma das estratégias que Suely Silva, prefeita de Rancho Alegre D’Oeste, no noroeste do Estado, pretende implantar em seu segundo mandato. “Com o apoio de entidades como o Sebrae/PR e o fortalecimento da nossa associação comercial, será possível gerar boas oportunidades de emprego na cidade, aumento do empreendedorismo e as compras públicas. Esta oficina foi muito importante e ampliou as minhas possibilidades de gestão”, frisou a gestora.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*