Férias com as crianças

            Eles têm uma energia que parece não acabar nunca. De férias da escola, o que os pequenos mais querem é se divertir. E é aí que muitos pais ficam de cabelo em pé, sem saber o que fazer para entreter as crianças. “Esse período é ideal para estreitar a relação entre a família. Com criatividade e sem gastar muito, os pais podem aproveitar e levar os filhos para passeios culturais em museus, teatros e bibliotecas. Assim, eles passam um tempo de qualidade juntos, brincam e ainda aprendem”, recomenda a psicopedagoga Esther Cristina Pereira, diretora da Escola Atuação.

            Atividades que saem da rotina também podem despertar a curiosidade e o interesse das crianças. Para os pais que trabalham e não têm condições de ficar com os filhos durante o dia, existem uma série de alternativas, como deixá-los na casa dos avós ou de outros parentes. “Mesmo nestes casos, a falta de tempo não pode ser utilizada como desculpa: os pais podem aproveitar os fins de semana para criar experiências enriquecedoras em família”, explica a psicopedagoga. Coisas simples, como andar de patins ou bicicleta, soltar pipa, fazer trabalhos com material reciclado, contar histórias ou preparar um bolo ao lado do filho rendem recordações para a vida toda e são fundamentais para a formação da criança.

Colônia de férias

            Por questões de segurança, não é recomendado deixar a criança sozinha em casa. Assim, as colônias de férias – onde os pequenos ficam bem cuidados, gastam energia, aprendem, socializam e se divertem com ações pensadas especialmente para eles – são ideais para deixar os pais tranquilos e a criançada entretida.

            A Escola Atuação oferece este serviço para todos os seus alunos há mais de 25 anos e atende crianças entre 18 meses e 12 anos. Durante a colônia, os professores desenvolve diversas atividades, como jogos, pescarias, teatro, visitas externas, oficinas de pintura, massinha, gincanas lúdicas, brincadeiras antigas (pula elástico, corrida do saco e pula corda), aulas de culinária, jogos, atividades esportivas, dentre outras. “Realizamos várias coisas diferentes, como maratonas, gincanas e passeios externos. Além disso, dentro da estrutura do colégio, temos piscina e uma Estação Ecológica, o que permite  o contato com a natureza”, conta Carolina.

            Buscando motivar comportamentos e valores importantes, a colônia da Escola Atuação privilegia, entre outras atividades, o resgate das brincadeiras antigas – amarelinha, pula corda, bolinha de gude, esconde-esconde, bambolê, adoleta, ioiô, estátua, ciranda, bambolê, botão, caçador, peteca, pipa e pega-pega, por exemplo. Importantes para estimular o imaginário e a fantasia, além de trabalhar com a fala, a coordenação motora, as emoções, o raciocínio lógico e a memória, estas brincadeiras exercem um papel fundamental no processo de aprendizagem e no desenvolvimento dos pequenos. “Elas não só proporcionam diversão e bons momentos, mas são também uma forma de ensinar aos filhos que brincar não é sinônimo de gastar dinheiro”, conta Esther.

 Sobre a Escola Atuação – Com duas sedes, localizadas nos bairros Santa Quitéria e Boqueirão, a Escola Atuação é referência em Curitiba por seu projeto pedagógico diferenciado, que aposta na criatividade e na responsabilidade para oferecer um ensino completo a seus alunos, que vão do Maternal I ao nono ano do Ensino Fundamental. Há 20 anos a Escola oferece ensino integral até o sétimo ano. Há também a opção de aulas em meio período. A instituição oferece aulas de informática, judô/dança, culinária, jardinagem e atividades na Cidade Mirim, construída no próprio terreno da escola, e em fazenda localizada na Região Metropolitana de Curitiba. Saiba mais: www.escolaatuacao.com.br

escola-atuacao

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.