Hospital Constantini dá dicas de como cuidar do coração durante as festas de fim de ano

São nas festividades do final de ano que fica difícil controlar a dieta. Pratos hipercalóricos como peru, lombo, chester, castanhas, nozes, pavês, fios de ovos, tortas e sorvetes são facilmente encontrados nas mesas de muitas famílias. Mas é preciso ter cuidado: muitos desses alimentos são vilões que trazem riscos ao coração. Isso porque, nesta época do ano, a ingestão de sais, gorduras e açúcares tende a aumentar.

 

Fernanda Tavares, cardiologista do Hospital Cardiológico Costantini, destaca que não é preciso fugir da ceia, mas sim, ter cautela com a ingestão dos alimentos citados acima. “Sair temporariamente da dieta é bem tolerado pelo organismo, mas o grande problema está no exagero, que pode trazer riscos imediatos e de longo prazo, uma vez que entre os efeitos dos exageros costumam estar o ganho de peso, inchaço, aumento da pressão arterial e alterações no ritmo cardíaco. Por isso, se possível, substitua alguns destes alimentos por outros com potencial calórico mais baixo, mas também saborosos, balanceando os ingredientes durante as festas de fim de ano. Beber muita água também ajuda na digestão”, afirma.

 

Entre as opções a cardiologista sugere trocar o lombo pelo chester ou peru sem pele. Fernanda lembra que as castanhas e nozes devem ser consumidas com moderação, pois, mesmo contendo proteínas saudáveis, são altamente calóricas. “Outra boa dica é consumir carnes magras grelhadas como peixe (salmão ou pescada) e frango sem pele ou reduzir a quantidade da sobremesa”, comenta. Já sobre as bebidas alcoólicas a cardiologista reforça que não há melhor forma de consumo e que, por isso, se possível, devem ser substituídas por um coquetel de frutas sem álcool.

 

Para a cardiologista, a dica para manter o coração em dia nas festividades do final do ano é simples: basta não exagerar no consumo alimentar e de bebidas alcoólicas. “Evite beliscar ao longo do dia, preferindo comer alguma frutas no intervalo das refeições e, principalmente, no dia das ceias de Natal e Ano Novo. Estas atitudes irão ajudar com que você não esteja com muita fome e exagere no tamanho do prato”, explica.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.